OLD STOCK RACE – O TEMPERO QUE FALTAVA PARA ESQUENTAR A NOITE DE SÁBADO EM INTERLAGOS

A noite é um desafio a mais, tornando  a corrida mais emocionante e desafiadora.  A quarta etapa, nomeada Troféu Irmãos Clemente, homenageia  Bird e Nilson Clemente, os primeiros vencedores de provas de longa duração com um Opala, nas 24 Horas de Interlagos de 1970.

 

Largada corrida 2  Foto Humberto da Silva/OSR

 

Nos treinos Rafael Lopes #54 vinha sendo o rápido com o tempo de 1m59s036 em sua melhor volta, ainda no primeiro treino diurno. Ricardo Alvarez #3 no segundo treino já anoitecendo e debaixo de uma fina garoa, fez 2m07s840. No terceiro treino, já totalmente a noite, Rafael Lopes foi novamente o mais rápido, porém acima dos 2 minutos, com 2m01s352.

 

Rafael Lopes #54 no S do Senna  Foto Barbara Bonfim/OSR

 

Ricardo Alvarez #3 no S do Senna  Foto Barbara Bonfim/OSR

 

Para sábado, a programação prometia muita disputa nas categorias Old Stock e Opala 250, com o diferencial de competir a noite:
16h45 – Treino Classificatório Old Stock Race
19h20 – Treino Classificatório Opala 250
19h45 – Desfile de Opalas e Caravans
20h15 – Largada Primeira Prova Old Stock Race
22h05 – Largada Opala 250
23h00 – Largada Segunda Prova Old Stock Race

 

Os boxes começavam a expor os Old para a classificação e a formação se fez na saída de box pontualmente as 16h45. A classificação foi ainda com dia claro na Old mas não menos disputada como habitualmente acontece.

 

Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR

 

 

No treino classificatório, de sábado (16) a primeira colocação fico com o de Pedro Pimenta #51 com o tempo de 1m58s968, marca que não se via já desde 2017, mostrando que a troca de preparador surtiu efeito e trouxe Pimenta novamente para a disputa do campeonato, após uma desclassificação na terceira etapa. Rodrigo Giordano #38 fez o segundo melhor tempo com 1m59148, ocupando o segundo lugar no grid. Mais dois pilotos também fizeram tempos abaixo de dois minutos, João Ometto Neto #75 com 1m59s838 e o atual líder do campeonato Rafael Lopes #54 com 1m59s896. formaram a segunda fila do grid para a primeira prova marcada para as 20h15.

 

Grid da corrida 1:

 

Foto Barbara Bomfim/OSR
Foto Barbara Bomfim/OSR
Foto Barbara Bomfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bomfim/OSR

 

 

Corrida 1 – Old Stock Race

 

Largada corrida 1 – Old Stock Race Foto Humberto da Silva/OSR

 

 

 

 

Pimenta manteve a ponta Rodrigo Giordano segurou a segunda posição e Rodrigo Helal, que largou em sexto, ultrapassa Zappelini, Lopes e Ometto assumindo já na segunda volta a terceira colocação, indo atrás de Giordano.

 

 

Enquanto isso Pimenta na liderança abriu uma boa distancia do pelotão que disputava a segunda colocação, rumando para uma vitória importante para se manter vivo no campeonato.

 

 

Na disputa pelo segundo lugar, Helal conseguiu a ultrapassagem sobre Giordano na sétima volta enquanto Rafael Lopes não conseguia manter a quinta posição, caindo para sétimo colocado, sendo ultrapassado por Fabio Franzoni #23 e Jorge Schuback #25, porém o líder do campeonato recuperou sua posição em mais duas voltas fechou a prova em quinto lugar.

 

 

 

Após 12 voltas e de ponta a ponta, Pimenta venceu a prova, Rodrigo Helal foi o segundo, Rodrigo Giordano o  terceiro, completando o pódio,  João Ometto Neto em quarto e Rafael Lopes em quinto.
O resultado completo da corrida 1:
Pos Num Piloto Total Dif Volta Tempo
1 51 P. Pimenta (M) 24:20.587 0.000 12 2:00.586
2 113 Rodrigo Helal 24:21.723 1.136 12 2:00.452
3 38 Rodrigo Leite 24:26.506 5.919 12 2:00.249
4 75 João Ometto Neto 24:29.799 9.212 12 2:00.793
5 54 Rafael Lopes 25:01.955 41.368 12 2:01.585
6 87 Luiz Carlos Zappelini (M) 25:02.154 41.567 12 2:01.934
7 25 Jorge Schuback (M) 25:02.375 41.788 12 2:03.415
8 3 Ricardo Alvarez 25:02.756 42.169 12 2:01.695
9 23 Fabio Franzoni 25:04.098 43.511 12 2:03.250
10 9 Marco Maragno 25:11.638 51.051 12 2:03.824
11 45 Daniel Kelemen 25:18.717 58.130 12 2:04.567
12 21 Everson de Paula 26:05.773 1:45.186 12 2:07.225
13 22 Alex Fabiano Silva (M) 24:44.281 0.000 11 2:09.560
14 31 Glauco Barros 25:21.162 36.881 11 2:13.296
15 79 Daniel Alberici 19:39.194 0.000 9 2:03.802
16 10 Karim Machata Neto 15:41.026 0.000 7 2:08.759
17 12 Fabio Mencarelli 16:26.509 45.483 7 2:15.351
18 18 Georges Lemonias (M) 4:23.758 0.000 2 2:05.198
DQ 5 Carlos Gomes (M) 24:33.470 0.000 11 2:10.690
Na Classe Old Man, para pilotos acima de 55 anos o resultado da corrida 1:
Pos Num Piloto Total Dif Volta Tempo
1 51 P. Pimenta (M) 24:20.587 0.000 12 2:00.586
2 87 Luiz Carlos Zappelini (M) 25:02.154 41.567 12 2:01.934
3 25 Jorge Schuback (M) 25:02.375 41.788 12 2:03.415
4 22 Alex Fabiano Silva (M) 24:44.281 0.000 11 2:09.560
5 18 Georges Lemonias (M) 4:23.758 0.000 2 2:05.198
DQ 5 Carlos Gomes (M) 24:33.470 0.000 11 2:10.690

 

Opala 250

 

A quarta etapa da categoria de acesso a Old Stock mostrou mais uma vez que todos estão unidos, para o sucesso da “Opala 250“, ali ainda rola um romantismo ao esporte e é muito bom ver o empenho de todos! E na classificação todos contra a “Dama da Noite” do piloto Betinho a Caravan #316. E a rádio paddock anuncia mais quatro co-irmãs chegando!

 

Grid da Opala 250:

 

Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR

 

 

 

 

 

 

E a “Dama da Noite” com todo seu charme especial leva mais um P1 para sua garage!

 

Classificação final da Opala 250:

 

 

 

Corrida 2 – Old Stock Race

Nos boxes o aquecimento dos Olds atraiam todos e se anunciava uma corrida que iria esquentar o clima frio da noite em Interlagos!

 

Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR

 

Ás 23h00 os Olds voltaram ao grid para a disputa da segunda corrida da noite e com o grid formado pelo resultado da primeira prova, Pimenta novamente ocupou o primeiro lugar tendo ao seu lado agora, Rodrigo Helal.

 

Antes da largada, Bird e Nilson Clemente deram uma volta pelo circuito nos Opalas do Clube do Opala de São Paulo como “Carro Madrinha” para em seguida, cumprimentar os pilotos no grid, revendo antigos amigos como Vicente Leite #38, uma das lendas do nosso automobilismo acelerando muito nesta prova especial.

 

 

No Opala Comodoro bege Bird Clemente e Reinaldo Gaudêncio e Nilson Clemente e Adilson Forte no Opala Diplomata branco, algumas voltas pela pista de Interlagos.

 

Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR
Foto Barbara Bonfim/OSR

 

Sinal verde e Pimenta com problemas no diferencial passou lento na reta abandonando ainda no S do Senna, deixando caminho livre para Rodrigo Helal que abriu boa vantagem do segundo colocado  Zappelini, seguido por Ometto em terceiro e Ricardo Alvarez em quarto.

 

Largada corrida 2 – Old Stock Race  Fotos Humberto da Silva/OSR

 

Helal na ponta  Foto Humberto da Silva/OSR

 

Na segunda volta Helal manteve a ponta abrindo uma ótima vantagem deixando a briga para o pelotão de trás, que a partir promoveu a melhor disputa da noite, com muitas ultrapassagens e disputas de posições, tendo destaque  Ometto e Zappelini passando lado a lado em toda a reta dos boxes na briga pelo segundo lugar, até o piloto do Opala #75 conseguir realizar a ultrapassagem e assumir a segunda posição.

 

Zappelini a frente de Ometto  Foto Humberto da Silva/OSR

 

Rafael Lopes travou uma batalha particular com Ricardo Alvarez que, com problemas abandonou e foi ultrapassado pelo líder do campeonato na quarta volta, enquanto Everson de Paula #21 e Amauri Biem #9 se chocaram e o opala numeral 9 ficou parado no S do Senna, ocasionando a entrada do Safety Car e uma bandeira amarela normalização da pista.

 

Disputa entre Rafael Lopes e Ricardo Alvarez  Foto Humberto da Silva/OSR

 

Amauri Biem #9 e Everson de Paula #21  Foto Humberto da Silva/OSR

 

 

Na relargada Helal manteve a posição com Zappelini em segundo, Ometto em terceiro e Daniel Alberici em quarto. No pelotão de trás,  Vinicius Pimentel foi tocado pelo Opala #45 rodando e em seguida sofreu um choque destruindo boa parte da traseira, mas se manteve na pista ate o final. A direção de provas ainda puniu por queima de largada os opalas 87 de Zappelini e o 54 de Rafael Lopes, acrescendo 20 segundos de tempo para cada um. Rafael Lopes ainda recolheu seu Opala para os boxes abandonando a prova faltando apenas uma volta para o final.

 

 

 

 

No final Rodrigo Helal, depois de passar algumas etapas sem muita sorte, venceu sua primeira corrida no ano com ótimo desempenho. Em segundo ficou João Ometto Neto e completando o pódio em terceiro Daniel Alberici na quarta posição o veterano Jorge Schuback e em quinto Daniel Kelemen.

 

A classificação geral da corrida 2:
Pos Num Piloto Total Dif Volta Tempo
1 113 Rodrigo Helal 27:37.603 0.000 12 2:01.139
2 75 João Ometto Neto 27:40.039 2.436 12 2:02.162
3 79 Daniel Alberici 27:57.295 19.692 12 2:04.240
4 25 Jorge Schuback (M) 28:00.526 22.923 12 2:05.297
5 45 Daniel Kelemen 28:03.214 25.611 12 2:04.380
6 21 Everson de Paula 28:09.357 31.754 12 2:06.473
7 38 Vinicius Leite (M) 28:12.659 35.056 12 2:03.692
8 5 Carlos Gomes (M) 28:18.358 40.755 12 2:08.965
9 31 Glauco Barros 28:43.115 1:05.512 12 2:14.596
10 78 Fausto Camacho (M) 29:07.189 1:29.586 12 2:16.762
11 3 Ricardo Alvarez 28:16.502 0.000 11 2:01.843
12 54 Rafael Lopes 28:32.367 15.865 11 2:01.716
13 9 Amaury Biem 28:40.186 23.684 11 2:06.080
14 10 Karim Machata Neto 19:29.224 0.000 8 2:08.836
15 51 P. Pimenta (M) 0.679 0.000 0.000
DQ 87 Luiz Carlos Zappelini (M) 28:02.043 0.000 12 2:02.767
Na classe Old Man, o resultado:
Pos Num Piloto Total Dif Volta Tempo
1 25 Jorge Schuback (M) 28:00.526 22.923 12 2:05.297
2 38 Vinicius Leite (M) 28:12.659 35.056 12 2:03.692
3 5 Carlos Gomes (M) 28:18.358 40.755 12 2:08.965
4 78 Fausto Camacho (M) 29:07.189 1:29.586 12 2:16.762
5 51 P. Pimenta (M) 0.679 0.000 0.000
DQ 87 Luiz Carlos Zappelini (M) 28:02.043 0.000 12 2:02.767

 

A comemoração junto com a galera, derretendo a borracha no asfalto de Interlagos produzindo “fog” !!!!

 

Foto Humberto da Silva/OSR
Foto Humberto da Silva/OSR
Foto Humberto da Silva/OSR
Foto Humberto da Silva/OSR
Foto Humberto da Silva/OSR
Foto Humberto da Silva/OSR
Foto Humberto da Silva/OSR

 

Drops:

 

A família Opala estava a milhão no reservado para os clubes e aficionados da marca, churrasco, cervejada e muita mas muita animação! E os pilotos foram até o palco da diversão dos opaleiros e se formou aí uma grande festa e fogos coloriram a noite de Interlagos.

 

Opaleiros em festa na corrida noturna da Old Stock e Opala 250 – Etapa 4

 

Na sala Vip da Old Stock as homenagens aos irmãos Clemente, reunidos com outros pilotos e fans. Muita história eles tem para contar e vitórias em Interlagos!

 

Podemos dizer que é a jóia da coroa, o magnífico trófeu das 24 Horas de Interlagos, todo feito em prata, coisa mais linda  Foto Barbara Bomfim/OSR

 

Reinaldo, Nilson, Bird e Adilson  Foto Barbara Bomfim/OSR

 

E tome história!  Foto Barbara Bomfim/OSR

 

E claro, não iria perder essa boquinha de sair na foto com meus mestres e amigos!! Foto Barbara Bomfim/OSR

 

A temporada da Old Stock Race 2018, volta em agosto para a disputa da quinta etapa de 2018 em Interlagos.

Os opalas da Old Stock Race utilizam Pneus Pirelli, Comandos de Válvulas Kuir, Discos de Freio Fremax, Pistôes e Bielas AFP e Embreagens Ceramic Power.

(reprodução)

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *