RICARDO ACHCAR – PILOTO, CONSTRUTOR [PATINHO FEIO, POLAR], MILTINHO AMARAL, ANTONIO FERRERINHA, EPOPEIA EUROPÉIA E MAIS

Ricardo Achcar consagra-se campeão carioca de Formula Vê em 1967 e na temporada de 1968 a equipe Fittipaldi contrata Achcar para ser piloto de fábrica e representante da equipe no Rio de Janeiro. Ricardo consagra-se então campeão brasileiro com José Carlos Pace, “Môco” em segundo e Emerson Fittipaldi em terceiro.

Neste mesmo ano Ricardo com ajuda do Real Automóvel Clube da Inglaterra consegue tirar uma carteira internacional de piloto de fórmula e convidado a participar de uma prova internacional em Oulton Park o 22° International Tourist Trophy conhece e recebe apoio irrestrito de Joachim Bonnier, presidente da Associação Internacional de Pilotos da Formula 1 que entende que a luta pioneira de Ricardo Achcar pilotando com carteira inglesa pode decidir favoravelmente para um acordo entre Confederação Brasileira de AutomobilismoCBA e a Federação Internacional de Automobilismo – FIA.

Vitorioso numa prova internacional na Inglaterra, a primeira prova vencida por um piloto brasileiro, em seguida um acordo é celebrado e os pilotos passam a poder competir fora do Brasil. Emerson Fittipaldi, Luiz Pereira Bueno, Norman Casari, e muitos outros como José Carlos Pace  encontram novos patrocinadores e o maior deles a Coopersucar  que patrocina os Fittipaldi a construir um fórmula 1.

Ricardo Achcar é hoje reconhecido como o piloto independente de fábricas que atuando sozinho abriu o caminho do automobilismo brasileiro nas pistas do mundo. Mais tarde, Nelson Piquet ganhou sua primeira prova em Super Vê e o campeonato brasileiro meses a seguir com o Polar Super Vê construído por Ricardo Achcar que se consagrou sete vezes campeão brasileiro dos construtores de carros de competição.

Em 1968 ainda Ricardo Achcar já campeão brasileiro recebeu o Prêmio Victor de melhor piloto brasileiro de monopostos. Ricardo ainda foi três vezes reconhecido Volante de Prata pelo jornal O Globo. Nelson Piquet e Francisco Lameirão consagraram-se campeões brasileiros de fórmula Super vê.

Muitos outros pilotos de competição ficaram famosos pilotando os carros Polar Super Vê construídos por Ricardo Achcar como, Alfredo Guaraná Menezes, Maurício Chulan da Equipe Brahma, Marcos Troncon.

Achcar fora das competições assessorou vários projetos e continua como profissional automotivo independente, construtor de automóveis e automóveis de corrida, patentes e projetos mecânicos!


(reprodução)

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

19 comentários em “RICARDO ACHCAR – PILOTO, CONSTRUTOR [PATINHO FEIO, POLAR], MILTINHO AMARAL, ANTONIO FERRERINHA, EPOPEIA EUROPÉIA E MAIS

  • 25 de Maio de 2009 em 15:03
    Permalink

    Saloma,não dá para esquecer essa época.São muitas as lembranças.
    Abraços.

    Resposta
  • 25 de Maio de 2009 em 15:03
    Permalink

    Saloma,não dá para esquecer essa época.São muitas as lembranças.
    Abraços.

    Resposta
  • 25 de Maio de 2009 em 22:24
    Permalink

    Muito bom saudades daqueles tempos !! abs águia

    Resposta
  • 25 de Maio de 2009 em 22:24
    Permalink

    Muito bom saudades daqueles tempos !! abs águia

    Resposta
  • 26 de Maio de 2009 em 13:22
    Permalink

    pô…foi muito legal ter visto nosso amigo Miltinho Amaral, ou PAU QUEIMADO!
    Conta a lenda que ele foi ao mais rápido de todos nos testes feito pelo Sir Moss na Inglaterra…mas foi preterido por ser muito louco…e Sir Moss disse que não entregaria seu carro na mão de um louco do volante!…

    Resposta
    • 14 de junho de 2020 em 19:14
      Permalink

      Luiz Pereira Bueno , foi o mais rapido de todos nos testes feito pelo Sir Moss na Inglaterra. Milton Amaral, ficou em segundo lugar.
      Isso e so lenda , e pura mentira . Sir Moss nunca disse isso a respeito do piloto Milton Amaral. .Minha mae Alis Amaral estava presente e e prova viva disso tudo. Por ser muito jovem na epoca , ela nao quis ficar em Londres. Eles entao decidiram retornar ao Brasil.

      Resposta
  • 26 de Maio de 2009 em 13:22
    Permalink

    pô…foi muito legal ter visto nosso amigo Miltinho Amaral, ou PAU QUEIMADO!
    Conta a lenda que ele foi ao mais rápido de todos nos testes feito pelo Sir Moss na Inglaterra…mas foi preterido por ser muito louco…e Sir Moss disse que não entregaria seu carro na mão de um louco do volante!…

    Resposta
  • 26 de Maio de 2009 em 13:30
    Permalink

    Pois é Rubens, o Miltinho era dez…foi ele que deu brevê para a minha carteira de piloto. Não disse que era louquinha da silva xavier…huaaaaaaaaa.

    Resposta
  • 26 de Maio de 2009 em 13:30
    Permalink

    Pois é Rubens, o Miltinho era dez…foi ele que deu brevê para a minha carteira de piloto. Não disse que era louquinha da silva xavier…huaaaaaaaaa.

    Resposta
  • 26 de Maio de 2009 em 20:21
    Permalink

    louquinho da silva xavier mesmo!…rsrs…valeu!

    Resposta
  • 26 de Maio de 2009 em 20:21
    Permalink

    louquinho da silva xavier mesmo!…rsrs…valeu!

    Resposta
  • 29 de Maio de 2009 em 18:20
    Permalink

    BELISSMA MONTAGEM!
    Apenas como informação o Manoel Oliveira ou Manoel Português mora já há bastante tempo aqui em Fortaleza onde junto com seu filho (outro talento nato!) mantem uma oficina super organizada, bem aparelhada e “ainda” se dedicando bastante a preparação de carros de competição.
    Vou salvar o link e levar até ele que, emotivo como é, certamente vai chorar pela milionésima vez!

    Resposta
  • 29 de Maio de 2009 em 18:20
    Permalink

    BELISSMA MONTAGEM!
    Apenas como informação o Manoel Oliveira ou Manoel Português mora já há bastante tempo aqui em Fortaleza onde junto com seu filho (outro talento nato!) mantem uma oficina super organizada, bem aparelhada e “ainda” se dedicando bastante a preparação de carros de competição.
    Vou salvar o link e levar até ele que, emotivo como é, certamente vai chorar pela milionésima vez!

    Resposta
  • 29 de Maio de 2009 em 21:16
    Permalink

    Roberto, muito legal a sua atitude de participar com o Manoel Português sua alegria. Acho que realmente ele vai se emocionar. E fale com o cabra, se ele tiver material de época ou puder nos enviar algumas linhas das suas aventuras automobilísticas, aqui ele tem espaço garantido!
    abs
    LS

    Resposta
  • 29 de Maio de 2009 em 21:16
    Permalink

    Roberto, muito legal a sua atitude de participar com o Manoel Português sua alegria. Acho que realmente ele vai se emocionar. E fale com o cabra, se ele tiver material de época ou puder nos enviar algumas linhas das suas aventuras automobilísticas, aqui ele tem espaço garantido!
    abs
    LS

    Resposta
  • 3 de Maio de 2012 em 02:36
    Permalink

    Sr.Rubens Casses e a todos: Não é lenda,é a verdade.O Milton Amaral foi o piloto que conseguiu fazer uma volta mais rapido que Achcar,Luisinho e Norman Casari no teste articulado e conseguido por Achcar junto ao lendario tetra vice campeão de F1,o Sr.Stirling Moss que nestas quatro oportunidades tinha como adversario ninguem menos do que o Sr.Fangio.O que se passou na realidade em relação ao Miltinho,foi que o Sr.Moss com sua grande experiência e olho afiado observou em Achcar e Luisinho rapidez com constância e consistência,qualidades fundamentais ao desenrolar de uma competição em seu todo.Rolam por aí infelizmente muitas “estorias”,mas as historias verdadeiras destas historicas passagens do automobilismo brasileiro são riquissimas,fascinantes e eu posso afirmar isso pois já ouvi algumas da boca de meu pai que é protagonista de muitas delas.No caso desta historia em especifico,ele é o unico ainda vivo e que sei que pouco contou pois pouco foi perguntado e se vier a falar algum dia contará muito bem contado,sem manipulações,sem distorções,sem floreios a seu favor.enfim a bela,rica e fantastica em todos os sentidos:Verdade.

    Resposta
  • 3 de Maio de 2012 em 02:36
    Permalink

    Sr.Rubens Casses e a todos: Não é lenda,é a verdade.O Milton Amaral foi o piloto que conseguiu fazer uma volta mais rapido que Achcar,Luisinho e Norman Casari no teste articulado e conseguido por Achcar junto ao lendario tetra vice campeão de F1,o Sr.Stirling Moss que nestas quatro oportunidades tinha como adversario ninguem menos do que o Sr.Fangio.O que se passou na realidade em relação ao Miltinho,foi que o Sr.Moss com sua grande experiência e olho afiado observou em Achcar e Luisinho rapidez com constância e consistência,qualidades fundamentais ao desenrolar de uma competição em seu todo.Rolam por aí infelizmente muitas “estorias”,mas as historias verdadeiras destas historicas passagens do automobilismo brasileiro são riquissimas,fascinantes e eu posso afirmar isso pois já ouvi algumas da boca de meu pai que é protagonista de muitas delas.No caso desta historia em especifico,ele é o unico ainda vivo e que sei que pouco contou pois pouco foi perguntado e se vier a falar algum dia contará muito bem contado,sem manipulações,sem distorções,sem floreios a seu favor.enfim a bela,rica e fantastica em todos os sentidos:Verdade.

    Resposta
  • 14 de junho de 2020 em 19:34
    Permalink

    Luiz Pereira Bueno foi o mais rapido de todos nos testes feito pelo Sir Moss na Inglaterra. Milton Amaral ficou em Segundo lugar. Infelizmente rolam por ai muitas estorias. Sir Moss nunca afirmou que o piloto Milton Amaral era um locuo do volante. Isso e pura lenda . .. Minha mae esposa dele na epoca estava presente , e e prova viva disso. Por ser muito jovem ela nao quis ficar em Londres . Entao decidiram retornar ao Brasil.

    Resposta
  • 2 de outubro de 2020 em 20:39
    Permalink

    foi meu melhor presente de aniversario(79) rever esta materia sobre o meu piloto Miltinho e o carinho de quase irmao Roberto Costa.Milene Amaral é filha dele? entao o Lenzo Plinio com quem tive contato é outro filho dessa lenda e cheia de istorias desde os tempos da granja U em Jacarépagua ate á viagem a Buenos Aires de Opala .Ficou gravado para sempre ABRAÇO

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.