PILOTOS – LUIZ PEREIRA BUENO, HOJE ELE ESTARIA FAZENDO 81 ANOS

“Luizinho” ou “Peroba”, aos 21 anos começou sua carreira e aos 74 anos nos deixou numa manhã em Atibaia. Brilhante piloto e referência. Simpático e sempre aberto ao bom papo. Padrinho de muitos. Saudades!
Luizinho_Greco_Berlineta_Baiuca e Rodatecnica
Luizinho de pé ao lado da Berlineta #22 sendo conduzida pelo Greco. E atrás uma Berlineta com patrocínio da Rodatécnica hoje Suspentécinica.

E para relembrar, os Mil Kms de Brasília de 1.968, na estréia do “vitorioso” Bino Mark II #47, fazendo dupla com o Moco – José Carlos Pace e o Greco como chefe de equipe. E de quebra o conterrâneo Mario Olivetti em segundo.

Segue a classificação da prova:
1. Luiz Pereira Bueno/José Carlos Pace – Bino MK II/Renault
2. Mario Olivetti/Renato Peixoto – Alfa Romeo GTA
3. Emerson Fittipaldi/Lian Duarte – Fitti Porsche
4. Piero Gancia/F. Lameirão – Alfa GTA
5.Ugo Galina/Jaime Silva – FNM
6.Carlos A. Braz/Tito G Passarinho
7.Sergio Alexandre/Paulo C. Lopes – Interlagos
8. Nathaniel Junior/Carlos A Sgarbi – VW
9. Dirceu Bernerdom/Karl Von Negri – VW
10.Paulo Alarcon//Armaldo Alves – DKW
11.Gabriele Arena/Eduardo Battar – Malzoni
12.João Fonseca/Alex Ribeiro – VW
13. Ernani Roberto/Luiz Teixeira – Renault
14. Boris Feldman/Kid Cabeleira – Renault
15. Martius Jarjour/Antonio da Matta – Alfa Romeo GTV
Outros Participantes: Jose Moraes Neto/Luis Carlos Correia (Alfazoni), Ronaldo rebecchi/J.J. Rabello Fo.(Interlagos), Ricardo Achcar/Milton Amaral Fo. (Prot CBA), Camilo Christofaro/Ubaldo Cesar Lolli (BMW)
(reprodução/)

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

4 comentários em “PILOTOS – LUIZ PEREIRA BUENO, HOJE ELE ESTARIA FAZENDO 81 ANOS

  • 17 de janeiro de 2012 em 19:11
    Permalink

    Parabéns interplanetários…seja onde estiver !

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2012 em 12:06
    Permalink

    Saudades destes dois grendes amigos Môco e Luizinho
    E o Mòco venceu novamente em dupla com Marivaldo os 1000 Kms de Brasilia no ano seguinte – 1969,, eu participei desta prova em dupla com Stanley Ostrower com VW Puma 1,6 da equipe Kinko…- Finalizamos na 12a colocaçao após quebra do parabriza na descida da W 3 .. O amigo Joca,( com 15a de idade ) , estava la na ocasiao e presenciou essa quebra – Nosso Puma estava a uns 180 Kms / h no final da reta..- eu estava pilotando – “Puta” susto !!!

    Resultados 1000 Kms de Brasilia 1969
    1. Marivaldo Fernandes/Jose C. Pace, Alfa GTA, 209 v, 9h23m35.79s
    2. Mario Olivetti/Pedro Victor de Lamare – Alfa GTA, 204 v
    3. Ricardo Achcar/Agnaldo de Gois – BMW, 204 v
    4. Emilio Zambello/F. Lameirao – Alfa GTA, 198
    5. Paulo Gomes/Luis Claudio Targa – VW 1600, 194
    6. Luis Carlos Torres/Boris Feldman, VW 1600, 193
    7. Ugo Galina/Jaime SIlva, FNM 2000, 190
    8. Dirceu Bernardin/Ernani Rodrigues, VW 1600, 190
    9. Marcelo Campos/Ivaldo da Mata, Puma, 189
    10. Eduardo Ribeiro/Bob Sharp, DKW, 188
    11. Fernando Batista Ramos/Carlos Cerqueira Zarur, VW 1700, 188
    12. Luiz “Aguia”/Stanley Ostrower, Puma, 187
    13. Antonio Martins Filho/Enio Garcia, Prt Elgar, 185 v
    14. Hercules Nieger/Romulo Consorte – VW 1600, 182
    15. Negrao Jildbrand/Ary de C Alcantara, VW 1600, 181 v

    Resposta
  • 19 de abril de 2012 em 12:07
    Permalink

    Tenho sonhado e lembrado muito do Luizinho neste últimos”tempos. Nesse momento meu melhor aceno a quem se lembrar dessa data e perda me resta realmente direcionar para assistir este vídeo no Youtube:

    http://www.youtube.com/watch?v=Q_rvA048YDE&feature=g-upl&context=G22c7f0cAUAAAAAAAIAA

    De todas as lembranças que compartilhamos ao longo de 40 anos, ainda demos e dou gargalhadas ao lembrar como fomos deixados num hotel de deportados pelo presidente da CBA dos idos daquele tempo que por sua vez quase naufragou a “frota” brasileira saindo do porto de Lisboa. Norman Casari, Milton Amaral, Luiz Pereira Bueno e eu…. Norman e Miltinho, papais socorreram e se foram preparar nossa volta, Luiz e eu.
    Vou nesse momento seguro de que o Luizinho no segundo andar bateria palmas, lembrar o Nuno Xara Brasil, relações públicas da Varig e campeão Olímpico, gigante fantástico que la foi nos tirar do hotel dos deportados e arrumou uma pensão magnifica quanto tradicional da cidade que nos abrigou do frio, da fome e no meu caso do amor, porque caso contrário, afirmara o Luizinho, eu iria acordar com o cobertor vermelho afanado pelo Miltinho no voo de ida da TAP enfiado….Como ele era o Peroba e eu tinha juízo tratei de me apaixonar para satisfação e jeito quatrocentão do Luizinho. Cavernoso na voz resmungava em volume baixo…”é isso aí carioca “frescoso, dá no couro que nos vamos voltar para a saia da rainha”. E voltamos.
    Que homenagem a vida nos prestou. Fiquem com uma pontinha para vocês.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *