UMA DATA A SER LEMBRADA…

Dia 25 de Maio de 2009, farão 40 anos em que Ricardo Achcar e Luiz Pereira Bueno estrearam em Snetterton na equipe de Stirling Moss. A continuação do e relato fica por conta de quem sabe da história ou acompanhou a empreitada dos cabras…vaçeu Ricardo e “Peroba” pelo carinho para com o boteco e com os nossos blogueiros de plantão, com sede de “quero mais”, como esse humildade blogueiro aqui!

“Os primeiros pilotos brasileiros a competir na Inglaterra na formula Ford foram Luiz Pereira Bueno, Emerson Fittipaldi e Ricardo Achcar. Este é o registro histórico da primeira prova em que participaram Luiz Pereira Bueno e Ricardo Achcar em Snetterton na Inglaterra já na equipe de Sir Stirling Moss. Como todos do esporte motor sabem bem, Sir Stirling Moss é considerado um dos maiores pilotos entre os grandes pilotos de competição do mundo. Foi com o apoio de Sir Stirling Moss que os pilotos brasileiros Luiz Pereira Bueno e Ricardo Achcar puderam participar do campeonato Inglês da Formula Ford em 1969 juntamente com Emerson Fittipaldi. Os patrocinadores fracionados de Luiz Pereira Bueno e Ricardo Achcar foram a Renner, a Shell e a Dupont com a marca Tergal. José Carlos Pace o Moco andou pela primeira vez num monoposto em Brands Hatch no carro de Ricardo Achcar e logo nos treinos de uma quarta-feira na famosa pista de Brands Hatch deu um show no formula Ford do Ricardo Achcar apesar de ser bem maior e ter dificuldade de se acomodar no carro. O piloto Lian Duarte o acompanhava nesta oportunidade. Emerson Fittipaldi bem apoiado com o patrocínio da Bardhal e o suporte valioso do barão Wilson Fittipaldi havia feito bom contato com a Lotus e adquiria um carro formula Ford desta marca. Luiz Pereira Bueno e Ricardo Achcar ficaram com a marca Merlyn por escolha de Sir Stirling Moss e de fato foi um ótimo monoposto de competição. O aprendizado na formula Ford e especialmente o período de testes que Ricardo Achcar teve oportunidade de fazer profissionalmente em dezenas de carros graças ao Chris Steele que preparava os motores Steele e finalmente o contrato com a Lola Cars representaram a grande oportunidade. Mais adiante, nos anos de 1973 e 1974, quando Ricardo Achcar fundou a fábrica Polar e sagrou-se sete vezes campeão brasileiro dos construtores inclusive impulsionando a carreira de Nelson Piquet e de outros pilotos do calibre de Francisco “Chico”Lameirão e Maurício Chulan e outros mais com famoso Polar Super Vê”.
Saloma
(reprodução)

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

10 comentários em “UMA DATA A SER LEMBRADA…

  • 22 de maio de 2009 em 17:09
    Permalink

    Saloma, os caras são fhoda com PH.
    O Ricardo enviou um texto lá no Luizinho de chorar.
    Mas acima disso, está a foto do Peroba com um Poodle no colo.
    Imagina que vou aprontar sábado com ele!
    Cara, o trabalho Seu e do Jóca é de prima.
    É nos na fita!

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 17:09
    Permalink

    Saloma, os caras são fhoda com PH.
    O Ricardo enviou um texto lá no Luizinho de chorar.
    Mas acima disso, está a foto do Peroba com um Poodle no colo.
    Imagina que vou aprontar sábado com ele!
    Cara, o trabalho Seu e do Jóca é de prima.
    É nos na fita!

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 18:24
    Permalink

    Se não me falha a memória fotogênica o Ricardo foi o primeiro a ir e chegou a conquistar uma vitória na F-Ford, mas voltou para o Brasil. Depois o Emerson foi para a F-Ford, ganhou algumas corridas, mas logo pulou para a F-3. O Ricardo voltou para a Inglaterra com o Luizinho na mesma equipe, mas creio que o Emerson já havia passado para a F-3…

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 18:24
    Permalink

    Se não me falha a memória fotogênica o Ricardo foi o primeiro a ir e chegou a conquistar uma vitória na F-Ford, mas voltou para o Brasil. Depois o Emerson foi para a F-Ford, ganhou algumas corridas, mas logo pulou para a F-3. O Ricardo voltou para a Inglaterra com o Luizinho na mesma equipe, mas creio que o Emerson já havia passado para a F-3…

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 18:29
    Permalink

    Outro pitaco: se não me engano o Emerson correu na F-Ford inglesa com um Merlyn. Quando veio para a temporada brasileira de F-Ford (Torneio BUA), havia terminado a temporada de F-3 com um Lotus e acabou ganhando o torneio com um Lotus F-Ford

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 18:29
    Permalink

    Outro pitaco: se não me engano o Emerson correu na F-Ford inglesa com um Merlyn. Quando veio para a temporada brasileira de F-Ford (Torneio BUA), havia terminado a temporada de F-3 com um Lotus e acabou ganhando o torneio com um Lotus F-Ford

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 21:10
    Permalink

    Acho interessante lembrar que foi nosso amigo A.C.Avallone que apresentou o Emerson ao Colin Chapman.

    Resposta
  • 22 de maio de 2009 em 21:10
    Permalink

    Acho interessante lembrar que foi nosso amigo A.C.Avallone que apresentou o Emerson ao Colin Chapman.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.