PORSCHE [Stuttgart-Zuffenhausen] – 50 ANOS SE PASSARAM DA PRIMEIRA VITÓRIA DA MARCA NA GERAL EM LE MANS

Um total de 19 vitórias na geral, incontáveis sucessos por classe ligaram a Porsche às 24 Horas de Le Mans, o maior e mais tradicional prova de resistência do mundo, por mais de seis décadas.

No dia 14 de junho de 1970, a Porsche alcançou a sua primeira vitória na geral com o 917 KH de 580 CV.


Vencedor das 24 Horas de Le Mans de 1970 – Porsche 917 K – Hans Herrmann e Dick Attwood dando início a saga vitoriosa da marca em Le Mans Foto reprodução

Porsche 356 SL na primeira participação da Porsche, em 1951 Foto reprodução


Desde que a Porsche participou nesta clássica prova de resistência pela primeira vez, em 1951, e alcançou imediatamente uma vitória na classe com o 356 SL, esta prova tornou-se indispensável para o construtor de automóveis desportivos. Mas foi um longo caminho até ao primeiro grande triunfo. Até ao final dos anos 60, a Porsche participou como preparação de voos mais altos e concentrou-se com sucesso nas classes de menor cilindrada. A Porsche iniciou uma mudança na estratégia no final dos anos 60.



Em 1969 Porsche esteve apenas a 75 metros ou a um segundo da vitória na final mais aguerrida da história de Le Mans. Mas já na fase de preparação para a prova de 1970 muito do que foi aprendido nos anos anteriores foi incorporado: Gerard Larrousse e Willy Kauhsen no Martini Porsche 917 LH, seguido por Rudi Lins e Helmut Marko no Porsche 908/02 ocuparam o segundo e o terceiro lugares, respetivamente, o que foi um triunfo para a marca.


Porsche 908 #64- 1969 – Gérard Larrousse – Hans Herrmann – segundo colocado Foto reprodução

Rudi Lins e Helmut Marko no 908/02 Spyder L #27 – terceiro colocado Foto reprodução



A primeira vitória definiu um precedente: um ano depois, 33 dos 49 participantes conduziam um carro produzido em Stuttgart-Zuffenhausen – um recorde ainda em vigor. O Porsche 917 KH venceu também a prova em 1971. Em 1974, a Porsche estreou a era turbo em Le Mans com o lançamento do 911 Carrera RSR 2.1 Turbo.


24 Horas de Le Mans #1976 – Gijs van Lennep e Jacky Ickx #20 Porsche 936 Turbo Foto reprodução


A primeira vitória na era turbo na história da prova com o 936 Spyder, em 1976 [acima], voltando a repetir a proeza com a equipe de fábrica apenas um ano depois, em 1977. O sucesso com o Porsche 935 K3 marcou a primeira vitória na história de Le Mans com um carro de motor traseiro – e de produção em série baseado no Porsche 911.


O modelo 936 vencedor de 1981 Foto reprodução


Entre 1981 e 1987, os Porsche continuaram imbatíveis em Le Mans. A mais longa série de vitórias na história das 24 Horas começou com a terceira e última vitória do Porsche 936 Spyder. Em 1982, a equipa de fábrica lançou o novo type 956, conquistando os três lugares do pódio na sua estreia em Le Mans. O 956 apresentou o primeiro chassis monocoque em alumínio da Porsche e uma aerodinâmica inovadora, a qual permitiu uma poderosa força descendente sem aumento da resistência aerodinâmica.


24 Horas de Le Mans #1987 – Vencedores – Hans-Joachim Stuck_Derek Bell e Al Holbert – Porsche 962 C LH Foto reprodução


No 956 e no seu sucessor, o 962 C, o construtor de automóveis desportivos seguiu em direção ao desenvolvimento da injeção eletrônica e sistemas de ignição, assim como a hoje muito popular transmissão de dupla embreagem (PDK) da Porsche. A partir de 1983, estava disponível os modelos da Porsche 956 e 962 C para equipes privadas. Nove Porsche 956 ficaram entre os dez primeiros lugares em 1983, seguidos por oito em 1984 e 1985, respetivamente. Um sucesso da marca!

Os anos 90 viram quatro vitórias à geral pelas equipes de fábrica e privadas e três diferentes tipos de automóveis de competição, começando em 1994 com o Porsche 962 Dauer Le Mans GT, desenvolvido em Weissach e baseado no 962 C, seguido pelo TWR Porsche WSC Spyder desenvolvido pela Porsche, no qual uma equipe independente alcançou a vitória em 1996 e 1997.



Em 1998, o Porsche 911 GT1 `98 [acima] participou da prova com o primeiro monocoque em fibra de carbono desenhada pela Porsche, assim como com os primeiros travões da suspensão em carbono, utilizados pela equipe de fábrica – e venceu coincidindo com o 50º aniversário da Porsche e da permissão de utilização do primeiro automóvel desportivo, o 356 “No. 1” Roadster.

Seguindo o sucesso, a Porsche virou a sua atenção no motorsport para o desenvolvimento de versões de competição próximas das versões de linha do Porsche 911 e o seu apoio a equipes privadas. Em Le Mans, este compromisso foi recompensado com onze vitórias na classe entre 1999 e 2018. Em 2014 a equipe de fábrica voltou para lutar pela vitória na geral. Desenhado “do zero” em Weissach, o Porsche 919 Hybrid [vídeo abaixo] apresentou soluções técnicas únicas.



Apenas a Porsche gerou potência elétrica para a bateria de elevada performance ao converter energia cinética produzida durante a frenagem, adicionalmente, por intermédio de uma unidade com uma turbina geradora a partir dos gases de escape do motor V4 turbo. O sistema inclui o motor elétrico e o motor de combustão e gera cerca de 900 cv. Esta solução vanguardista provou ser um sucesso: a partir de 2015 e até 2017, a Porsche alcançou um hat trick em Le Mans.

Com 108 vitórias na classe e 19 vitórias à geral, a Porsche é o construtor mais bem-sucedido nos quase mais de 100 anos de história de Le Mans.

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.