SABINE SCHMITZ – A RODADA DE ABERTURA DA NÜRBURGRING ENDURANCE SERIES SENTIU SUA FALTA

Com seu jeito alegre e sagaz, ela inspirou muitas pessoas dentro e fora das pistas de competição. Sabine Schmitz, a ‘Rainha de Nordschleife’, faltou na abertura do campeonato no quintal da sua casa, Nürburgring
Sabine Schmitz a rainha de Nordschleife Foto Porsche AG

Lembrando o post anterior, depois de uma longa luta contra o câncer, a doença ceifou sua vida muito cedo, com apenas 51 anos. Com seu entusiasmo irreprimível pela vida, ela travou sua batalha contra a doença até o fim, a notícia foi um choque para muitos. Já se passou muito tempo desde que a despedida de um piloto tocou a comunidade do automobilismo tão profundamente. SpeedBee, como os fãs a chamavam carinhosamente, foi uma lenda durante sua vida. 


Paddock de Nürburgring 2021 Foto Porsche AG

No paddock de Nürburgring, a saudade se manifestou em inúmeros gestos. Na rodada de abertura da temporada da Nürburgring Endurance Series, quase todas as equipes homenagearam Sabine Schmitz com uma comemoração especial. Muitos carros de corrida tinham seu nome como piloto adicional. 

Alguns carros pareciam livros de condolências na pista. Quase todo mundo tinha uma história pessoal ou uma anedota engraçada para compartilhar que os ligava ao nativo de Nürburg. Sua morte mostra claramente o quanto ela era valorizada por muitas pessoas.


Sabine Schmitz Porsche GT3 R Foto Porsche AG

Apesar de sua conexão com sua terra natal e sua atitude realista, Sabine Schmitz era bem conhecida internacionalmente – algo que muitas vezes era subestimado na Alemanha. Ela ganhou essa reputação graças à sua personalidade despreocupada e positiva, espirituosa e, claro, seus ousados ​​passeios pelo Inferno Verde. Isso rapidamente a transformou em uma das primeiras estrelas do YouTube – não importa se ele estava dirigindo um Porsche GT3, um Ford Transit ou ao volante do táxi ‘Ring.

Mais de 30.000 voltas em Nürburgring

Duas vezes vencedora das 24 horas de Nürburgring e campeã da Endurance Series teve um prazer em aterrorizar seus concorrentes entre Hatzenbach e a chicane Hohenrain. Ela deu voltas em seu circuito favorito mais de 30.000 vezes, a primeira vez no carro de sua mãe Uschi Schmitz – sem licença. Com suas aparições no programa de automóveis da BBC – Top Gear, ela se tornou o centro das atenções no cenário internacional.


Uschi Schmitz, mãe de Sabine Schmitz, administra o Hotel Tiergarten em Nürburg
Foto reprodução

Sabine Schmitz cresceu em Nürburgring e alcançou o status de cult Foto reprodução

Sabine Schmitz não estava particularmente interessada em seu status de estrela. A ‘Nordschleife Queen’ manteve os pés firmes no chão e estava sempre acessível a qualquer mortal. Com seu próprio jeito bem-humorada, ela fazia muitas selfie com seus fãs e nunca recusou um pedido de autógrafo. Deve haver muitos milhares de fotos e modelos de carros com sua assinatura. Sem falhar, ela tinha uma palavra amável ou piada em mãos – seu raciocínio rápido era amado e temido.

Ela ria muito e fazia as pessoas rirem também – nem amiga nem inimiga foi poupada. “Parece que ele está fora da curva de novo hoje …”, ela gritava quando um colega de equipe escorregava involuntariamente ao longo da pista. “Ele é tão lento que eu poderia ter feito uma pintura a óleo dele”, era uma de suas frases de efeito quando um concorrente não era rápido o suficiente.

As múltiplas faces de Sabine Schmitz

O amor pelos animais e pela natureza era o outro lado da multifacetada Sabine Schmitz. Ela também pilotou helicópteros, treinou como sommelier de vinhos e administrou hotéis. Em sua pequena fazenda perto de Nürburgring, ela se sentia tão confortável com galochas quanto com botas de corrida. Ela mudou do cockpit do carro de corrida para o trator e preferiu um cavalo-mecânico aos mais de 500 HP do ‘Frikadelle (almôndega) mais rápido do mundo’. Era assim que seus fãs chamavam seu 911 GT3 R, no qual seu parceiro Klaus Abbelen anunciava os produtos de carne que produziam. Parecia lógico que eles deveriam nomear a equipe de Porsche fundada em conjunto, Frikadelli Racing.


Klaus Abbelen e Sabine Schmitz Foto Porsche AG

Internacionalmente, Sabine Schmitz deu uma cara ao automobilismo em Nürburgring. Ela era a melhor embaixadora de Nordschleife e da região de Eifel. Ela foi a alma da Endurance Series e o coração da corrida das 24 horas no circuito Eifel

Fãs e aficionados do automobilismo há muito expressam o desejo de lhe dedicar uma homenagem em Nordschleife, como nome de uma das muitas curvas do circuito. Desta forma, ela permanecerá como parte de sua amada pista de corrida para sempre e viverá nas memórias de seus muitos seguidores.

Fonte de consulta newsroom.porsche.com e Porsche AG

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.