PAPOS DE BOX – PUMA #51

CLASSIC CUP – 4a. Etapa

FANTASTICA!É o que sinto a respeito desta sensacional corrida pela 4ª etapa do Campeonato Paulista, pelo acirradissimo “pega” que eu (Puma #51) e o Luque (BMW #53) travamos desde a primeira até a ultima volta.Mas vamos contar a estória pelo começo.
O inicio da corrida vai se aproximando, a agitação tomando conta de mim, adrenalina a milhões, parece um leão enjaulado, andando de um lado para o outro do Box, alguma coisa que você não sabe bem o que querendo libertar-se, saltar de dentro do peito.O pico da adrenalina acontece no momento em que realizo o ritual de apertar cintos, colocar a balaclava, o capacete, calçar as luvas, girar a chave de contato, ligar o carro.Mas no momento em que entro na pista, como que por pura mágica, tudo se acalma.O leão está solto!
Agora, concentração total no que está prestes a acontecer, a largada, que em nossa categoria é lançada, ou seja, com os carros em movimento.
Na primeira fila, o Luque na pole e eu em segundo.A primeira largada foi anulada, pois o safety car que costumeiramente deixa a pista na entrada dos boxes, desta vez saiu na Junção e o pole position acelerou mais que o Diretor de Prova recomendava.
Mais uma volta e agora sim, a bandeira verde agitada sinalizava que era chegada a hora de baixar a bota pra valer.Piso fundo no acelerador e chego na ponta na entrada do S do Senna, com o Luque encostado, babando na minha cola.Quase posso sentir o bafo do radiador da BMW dentro de meu carro.Digo quase, porque naqueles instantes de duração da corrida, todos os sentidos como frio, calor, cansaço, tempo, ficam adormecidos e aqueles momentos são únicos, de total concentração na pista e no comportamento do carro.
Faço a tomada da primeira perna do S por dentro, na defensiva.Tive como estratégia de corrida evitar cometer erros, sabedor da “fera” que iria encontrar pela frente.Qualquer erro ou escapada da pista seria fatal para minhas pretensões de alcançar a tão concorrida vitória.
Na reta oposta consegui certo refresco, mas no miolo, nas curvas de baixa, ele e sua intrépida BMW encostaram.Saímos do S interno lado a lado, tinha a preferência para a tomada do Pinheirinho, que fiz por dentro, sai na frente até o Bico de Pato, e novamente lado a lado entramos no Mergulho, podia sentir os dois carros no limite do limite, querendo escapar, mas a suspensão e o braço segurando o tranco.
Na curva da Junção, entro por dentro na preferência da tomada, saio na frente.Baixo a bota novamente na subida do Café e Reta dos Boxes, conseguindo algum refresco.Cruzo a linha de chegada da 1ª volta na ponta.
Na segunda volta, assim com nas demais, o ritmo forte se mantinha, eu abrindo espaço nas retas e a BMW encostando-se ao miolo.Disputamos muitas e muitas curvas emparelhados, sendo que ele me ultrapassou neste trecho por duas vezes.Consegui dar o troco nestas duas ocasiões na subida do Café, cruzando a linha de chegada na frente em todas as 14 voltas de duração da prova.
Foi uma corrida bastante emocionante e acima de tudo muito divertida, pela memorável batalha para cruzar a linha de chegada e receber a bandeira quadriculada em primeiro lugar.
Aproveito a oportunidade para agradecer ao Luque pela lisura de comportamento que teve durante toda a prova, crendo que agi da mesma forma, lembrando que apesar da aguerrida disputa, o calor da luta fazendo com que disputássemos roda a roda a próxima curva, lado a lado em quase todas elas, não houve um único toque entre nossos carros.Ganhou o nosso esporte.
Valorizo muito esta vitória tendo um oponente com a qualidade dele, ganhador de corridas e campeonatos.
Para o público presente, creio que conseguimos proporcionar momentos emocionantes e demonstrar a competitividade de nossa categoria, não por acaso o maior grid do Campeonato Paulista, que tenho certeza crescerá ainda mais.
Agradeço de coração à minha equipe, a LF, em especial ao Nenê Finotti, pela sua dedicação em deixar o carro pronto para as corridas, assim como ao Guerra, meu preparador de motor, buscando sempre o melhor acerto.
Com o sentimento de que algo especial acontece nas corridas, a superação do medo, a ampliação dos limites, a vitória em respostas aos desafios, posso dizer:
Lutei o bom combate!
Sebastião Gulla

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

40 comentários em “PAPOS DE BOX – PUMA #51

  • 11 de Maio de 2009 em 14:05
    Permalink

    SEBASTIÃO GULLA:
    Delícia de depoimento!
    Para todos, e especialmente os seus colegas que não tem ainda o privilégio de disputar as primeiras colocações, é sensacional ficar sabendo o que acontece durante a prova lá na frente! E mais atrás também. Espero que outros companheiros também “saiam da toca”, e deixem seus depoimentos. O Luque me disse que esta foi uma das 3 melhores provas que disputou, se não, a melhor! O Rogério Tranjam tb. adorou, vamos ver se ele se anima a compartilhar suas impressões…
    Parabéns pela disputadíssima vitória e pela estória amigo, te devo um charuto!
    Abração.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 14:05
    Permalink

    SEBASTIÃO GULLA:
    Delícia de depoimento!
    Para todos, e especialmente os seus colegas que não tem ainda o privilégio de disputar as primeiras colocações, é sensacional ficar sabendo o que acontece durante a prova lá na frente! E mais atrás também. Espero que outros companheiros também “saiam da toca”, e deixem seus depoimentos. O Luque me disse que esta foi uma das 3 melhores provas que disputou, se não, a melhor! O Rogério Tranjam tb. adorou, vamos ver se ele se anima a compartilhar suas impressões…
    Parabéns pela disputadíssima vitória e pela estória amigo, te devo um charuto!
    Abração.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 15:25
    Permalink

    Sebastião Gulla e Luke fizeram uma corrida verdadeiramente espetacular.
    Não é fácil se ver uma corrida onde a disputa pela liderança, nas proporções em que aconteceu nesta prova, se inicie na 1ª volta e só termine na bandeirada de chegada.
    Parabéns aos dois.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 15:25
    Permalink

    Sebastião Gulla e Luke fizeram uma corrida verdadeiramente espetacular.
    Não é fácil se ver uma corrida onde a disputa pela liderança, nas proporções em que aconteceu nesta prova, se inicie na 1ª volta e só termine na bandeirada de chegada.
    Parabéns aos dois.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:10
    Permalink

    Este Puminha, para mim, é o carro mais bonito da Classic Cup, com suas formas arredondadas e sem vincos, bem lisos. Parabens ao Gulla pela vitória e ao Luque.
    Jovino

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:10
    Permalink

    Este Puminha, para mim, é o carro mais bonito da Classic Cup, com suas formas arredondadas e sem vincos, bem lisos. Parabens ao Gulla pela vitória e ao Luque.
    Jovino

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:22
    Permalink

    Gulla: Publique a Ficha Técnica do seu carro. Peço isso aos demais competidores que publicarem post’s.
    Também gostaria de saber o calendário da Cassic Cup, pois uma hora dessas vou pegar um avião só para assistir uma prova de voces (sem dúvida a melhor categoria do momento).
    Saudações,
    Edmundo Gonzaga

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:22
    Permalink

    Gulla: Publique a Ficha Técnica do seu carro. Peço isso aos demais competidores que publicarem post’s.
    Também gostaria de saber o calendário da Cassic Cup, pois uma hora dessas vou pegar um avião só para assistir uma prova de voces (sem dúvida a melhor categoria do momento).
    Saudações,
    Edmundo Gonzaga

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:37
    Permalink

    Mas esse povo hein? francamente; tão se revelando eximios contadores de histórias.
    Ao vivo e a cores, fica melhor ainda. Só falta o cheio da borracha e o bafo quente na nuca (êpa).

    Que os outros, POR FAVOR, peguem nas penas e nos deliciem com – cada qual – o seu “bom combate”.

    Estaremos aqui para aplaudir.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:37
    Permalink

    Mas esse povo hein? francamente; tão se revelando eximios contadores de histórias.
    Ao vivo e a cores, fica melhor ainda. Só falta o cheio da borracha e o bafo quente na nuca (êpa).

    Que os outros, POR FAVOR, peguem nas penas e nos deliciem com – cada qual – o seu “bom combate”.

    Estaremos aqui para aplaudir.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:40
    Permalink

    Realmente foi uma ótima corrida, bom astral, bons pegas, bom papo antes e depois do pega.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 16:40
    Permalink

    Realmente foi uma ótima corrida, bom astral, bons pegas, bom papo antes e depois do pega.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 20:38
    Permalink

    Aí, Gulla!
    Legal ter topado escrever, pra gente que baba (ainda) do lado de fora.
    Sem dúvida, foi uma das melhores provas que vi, desde 2006. Voce e o Luque andaram pendurados o tempo todo e sem um único toque, bom demais de ver, exemplo de elgancia e competitividade, ambos estão de parabens.
    Quanto a esse negócio de charutos…
    Hugo e Gulla: Não fumem, que no dia embota os reflexos e faz mal.
    Podem dar os charutos pra mim, que os degustarei com prazer enquanto voces se divertem pelo asfalto…

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 20:38
    Permalink

    Aí, Gulla!
    Legal ter topado escrever, pra gente que baba (ainda) do lado de fora.
    Sem dúvida, foi uma das melhores provas que vi, desde 2006. Voce e o Luque andaram pendurados o tempo todo e sem um único toque, bom demais de ver, exemplo de elgancia e competitividade, ambos estão de parabens.
    Quanto a esse negócio de charutos…
    Hugo e Gulla: Não fumem, que no dia embota os reflexos e faz mal.
    Podem dar os charutos pra mim, que os degustarei com prazer enquanto voces se divertem pelo asfalto…

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 21:50
    Permalink

    Muito bom! Mais um belo depoimento vindo de dentro da pista pra fora.
    É uma delicia ler esses relatos, escritos por quem estava lá dentro, disputando a prova, dividindo curvas e freiadas.
    E a Puma “GTO” #51, um dos carros mais bonitos da categoria, vem se mostrando cada dia mais confiavel, está em excelente fase.
    Parabens Gulla, pelos ultimos resultados e por compartilhar conosco a descrição de como tudo aconteceu na ultima prova.
    Continue escrevendo.

    Resposta
  • 11 de Maio de 2009 em 21:50
    Permalink

    Muito bom! Mais um belo depoimento vindo de dentro da pista pra fora.
    É uma delicia ler esses relatos, escritos por quem estava lá dentro, disputando a prova, dividindo curvas e freiadas.
    E a Puma “GTO” #51, um dos carros mais bonitos da categoria, vem se mostrando cada dia mais confiavel, está em excelente fase.
    Parabens Gulla, pelos ultimos resultados e por compartilhar conosco a descrição de como tudo aconteceu na ultima prova.
    Continue escrevendo.

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 01:02
    Permalink

    Sebastião Gulla

    Parabéns triplamente: por ser um ótimo “bota”, escrever muito bem e ter um Puma lindo.

    Da mesma forma que o Edmundo Gonzaga, gostaria de saber a ficha técnica de seu Puma e mais: o site http://www.superclassic.com.br não está abrindo. Vocês mudaram pra outro site?
    Abraços.

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 01:02
    Permalink

    Sebastião Gulla

    Parabéns triplamente: por ser um ótimo “bota”, escrever muito bem e ter um Puma lindo.

    Da mesma forma que o Edmundo Gonzaga, gostaria de saber a ficha técnica de seu Puma e mais: o site http://www.superclassic.com.br não está abrindo. Vocês mudaram pra outro site?
    Abraços.

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 04:05
    Permalink

    O Gulla, cadê vc. A galera exige sua presença no boteco!

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 04:05
    Permalink

    O Gulla, cadê vc. A galera exige sua presença no boteco!

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 08:23
    Permalink

    para quem conheceu o gulla como o “rei dos cadillacs” é legal saber que tambem é piloto e de quebra escritor.
    grande gulla.

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 08:23
    Permalink

    para quem conheceu o gulla como o “rei dos cadillacs” é legal saber que tambem é piloto e de quebra escritor.
    grande gulla.

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 08:23
    Permalink

    Parabéns pelo texto e pela brilhante corrida, Gulla!
    Não é sempre que podemos presenciar uma disputa tão bela e depois ler o depoimento de quem esteve lá, fazendo acontecer.
    Parabéns e continue escrevendo, ficou sensacional!
    Grande abraço

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 08:23
    Permalink

    Parabéns pelo texto e pela brilhante corrida, Gulla!
    Não é sempre que podemos presenciar uma disputa tão bela e depois ler o depoimento de quem esteve lá, fazendo acontecer.
    Parabéns e continue escrevendo, ficou sensacional!
    Grande abraço

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 10:15
    Permalink

    Grande corrida sem duvida, mas ainda maior foi a manifestação de coragem,
    de competitividade,mas sobretudo, de esportividade.
    Parabéns Gulla, parabéns Luque,que voces sejam um exemplo,á geração de pilotos
    mais jovens, e mesmo aos veteranos que por vezes passam dos limites.
    Abraços

    Resposta
  • 12 de Maio de 2009 em 10:15
    Permalink

    Grande corrida sem duvida, mas ainda maior foi a manifestação de coragem,
    de competitividade,mas sobretudo, de esportividade.
    Parabéns Gulla, parabéns Luque,que voces sejam um exemplo,á geração de pilotos
    mais jovens, e mesmo aos veteranos que por vezes passam dos limites.
    Abraços

    Resposta
  • 13 de Maio de 2009 em 10:39
    Permalink

    A pedidos,alguns dados tecnicos do Puma #51:
    Motor : AP 2.0 bloco do Golf,virabrequim,bielas e pistões forjados, cabeçote de fluxo cruzado,carburação Weber 40
    Suspenção:Na frente original do VW a ar retrabalhada,na traseira conjunto dos semi eixos com homocinéticas da Kombi,amortecedores recalibrados.
    Cambio :Original do VW ar,caixa seca do Kombi diesel,4 velocidades,relação de marchas escalonadas.
    Creio ser estas as principais caracteristicas tecnicas.

    Resposta
  • 13 de Maio de 2009 em 10:39
    Permalink

    A pedidos,alguns dados tecnicos do Puma #51:
    Motor : AP 2.0 bloco do Golf,virabrequim,bielas e pistões forjados, cabeçote de fluxo cruzado,carburação Weber 40
    Suspenção:Na frente original do VW a ar retrabalhada,na traseira conjunto dos semi eixos com homocinéticas da Kombi,amortecedores recalibrados.
    Cambio :Original do VW ar,caixa seca do Kombi diesel,4 velocidades,relação de marchas escalonadas.
    Creio ser estas as principais caracteristicas tecnicas.

    Resposta
  • 13 de Maio de 2009 em 12:06
    Permalink

    Como bem lembrou o Fábio Coelho, depois dos ases da F1, Bourdais, Buemi, e Vettel temos também agora na Classic Cup o nosso caro “Sebastian” Gulla!!!!

    Resposta
  • 13 de Maio de 2009 em 12:06
    Permalink

    Como bem lembrou o Fábio Coelho, depois dos ases da F1, Bourdais, Buemi, e Vettel temos também agora na Classic Cup o nosso caro “Sebastian” Gulla!!!!

    Resposta
  • 13 de Maio de 2009 em 22:29
    Permalink

    É isso ai pai! Parabéns pela vitória, sei bem a emoção que rola em cada corrida…a torcida é grande!

    Resposta
  • 13 de Maio de 2009 em 22:29
    Permalink

    É isso ai pai! Parabéns pela vitória, sei bem a emoção que rola em cada corrida…a torcida é grande!

    Resposta
  • 15 de Maio de 2009 em 06:45
    Permalink

    O Gulla, nosso amigo Hugo deveria ter dito que você é o “Sebastian Button”, em razão das seguidas vitórias que vem obtendo com seu belo Puma GTO. Um abraço.

    E/T.: Que buteco é esse ao qual o Luiz “Okrasa” Salomão se refere aí acima? Por favor, me dê o endereço, os dias e horários nos quais o pessoal se reúne. Quero participar dos papos!

    Resposta
  • 15 de Maio de 2009 em 06:45
    Permalink

    O Gulla, nosso amigo Hugo deveria ter dito que você é o “Sebastian Button”, em razão das seguidas vitórias que vem obtendo com seu belo Puma GTO. Um abraço.

    E/T.: Que buteco é esse ao qual o Luiz “Okrasa” Salomão se refere aí acima? Por favor, me dê o endereço, os dias e horários nos quais o pessoal se reúne. Quero participar dos papos!

    Resposta
  • 15 de Maio de 2009 em 08:19
    Permalink

    Fala Marcos…o “boteco” é sinplesmente o blog. Quando começou, virou um lugar de encontro dos matuzas e assim ficou. E me sentir como gerente de boteco, servindo textos e imagens aqueles que aqui frequentam e passei a tratar todos assim. Tipo um boteco virtual, que o compadre chega, dá um alô para a galera e escolhe a mesa que está rolando o papo que interessa e manda vê…simples assim! E ficou o termo que acabou pegando. E só não troquei o nome do blog para Boteco do Saloma, porque news estão para sair do forno…mas aí é outra história. Apareça, puxe uma cadeira, pega uma cerva e relaxe nos papos da galera…
    abs
    LS

    Resposta
  • 15 de Maio de 2009 em 08:19
    Permalink

    Fala Marcos…o “boteco” é sinplesmente o blog. Quando começou, virou um lugar de encontro dos matuzas e assim ficou. E me sentir como gerente de boteco, servindo textos e imagens aqueles que aqui frequentam e passei a tratar todos assim. Tipo um boteco virtual, que o compadre chega, dá um alô para a galera e escolhe a mesa que está rolando o papo que interessa e manda vê…simples assim! E ficou o termo que acabou pegando. E só não troquei o nome do blog para Boteco do Saloma, porque news estão para sair do forno…mas aí é outra história. Apareça, puxe uma cadeira, pega uma cerva e relaxe nos papos da galera…
    abs
    LS

    Resposta
  • 18 de Maio de 2009 em 19:13
    Permalink

    Gulla, emocionante depoimento, ainda mais pra mim, que tenho especial carinho pelo 51. Levar o “Dr. Luque” não é tarefa pra qualquer um.
    Parabéns por levar o 51 ao ponto mais alto do pódio !!!

    Resposta
  • 18 de Maio de 2009 em 19:13
    Permalink

    Gulla, emocionante depoimento, ainda mais pra mim, que tenho especial carinho pelo 51. Levar o “Dr. Luque” não é tarefa pra qualquer um.
    Parabéns por levar o 51 ao ponto mais alto do pódio !!!

    Resposta
  • 10 de julho de 2010 em 22:12
    Permalink

    Gulla, gostaria de entrar em contato com vc para saber de mais detalhes da construção da Duzentosecinquentinha. Ficou linda. Grato, Walter

    Resposta
  • 10 de julho de 2010 em 22:12
    Permalink

    Gulla, gostaria de entrar em contato com vc para saber de mais detalhes da construção da Duzentosecinquentinha. Ficou linda. Grato, Walter

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.