TEM COBRA NA PISTA

Cobra e Carroll Shelby, criatura e criador, legendas do automobilismo. Piloto que dirigia para Shelby era sempre piloto de ponta. E os Cobras de Shellby, como já foi citado aqui em outra matéria, tinham apoio extra-oficial da Ford para desbancar os Corvettes nas pistas.

Cobra 289 First Win 001
Dave MacDonald (Cobra #198) duelando com seu companheiro de equipe, Ken Miles no Cobra #298…

Cobra 289 First Win 002
Bob Bondurant, que na época corria de Corvette, acompanha a curta distância…

Cobra 289 First Win 003
Dave MacDonald, cujo apelido era “The Master of Oversteer”, na última volta, mas ainda acelerando…

Cobra 289 First Win 004
Dave MacDonald dando uma volta com sua esposa após a vitória…

Esse encontro de Cobras e outras feras aconteceu no Dodger Stadium, 2 de março de 1963, em que Dave MacDonald levou o Cobra “289” Roadster, um carro que se tornaria um clássico, objeto de desejo de todos os aficcionados por carros esportivos, à sua primeira vitória.

Abaixo um video recente, de 20 de Agosto de 2011, durante o Rolex Monterey Motorsport Reunion, em Laguna Seca. Jim Bouzaglou participa de uma das competições do evento com seu Cobra (original) equipado com motor Ford 289, número 59, de 1964.

httpss://www.youtube.com/watch?v=IDPfmA4RNd0

Logo na primeira volta, aos 3:26 min, Jim prefere não dividir a curva com o piloto do Cobra #69 e tira o pé. Afinal de contas esses carros não são réplicas e custam uma fortuna. Nesse momento um Corvette Stingray “Split Window” (1963) o ultrapassa e fica ensanduichado entre os dois Cobras, o #69 e o #59 de Jim. Logo em seguida, o piloto do Corvette pisa no freio e com isso assusta o cauteloso Jim, que mais uma vez levanta o pé. O Corvette aproveita para despejar a potência do seu motorzão 327 e ir embora. Jim ultrapassa o Cobra #69, mas os outros que vinham atrás aproveitam-se do imbroglio e passam de passagem. Jim leva o troco do #69, mas fica tudo em casa, afinal todos são crias de Carroll Shelby.

Curtam a corrida cavalheiresca de Jim, o som de seu motor Ford 289, e todos os belos carros que aparecem na pista e nos boxes. Claro que Jim não pretende se igualar aos grandes pilotos que ajudaram Carroll Shelby a escrever páginas na história do automobilismo, como Dave MacDonald, Dan Gurney, Ken Miles, Jerry Grant, Phil Hill e Bob Bondurant, mas certamente curtiu muito acelerar, pero no mucho, seu valioso Cobra 289 cu.in. de 1964.

E no video abaixo algumas imagens de época e atuais, com fundo musical de “Hey, Little Cobra”.

httpss://www.youtube.com/watch?v=oc6FmZCT0Zc

Hey, Little Cobra

THE RIP CHORDS

Hey, Little Cobra
Don’t you know
You’re gonna shut’em down

I took my Cobra down to the track
Hitched to the back of my Cadillac
Everyone was there just a waiting for me
There were plenty of Stingrays and XKEs

Spring little Cobra
Getting ready to strike
Spring little Cobra
With all of your might
Spring little Cobra
Getting ready to strike
Spring little Cobra
With all of your might
Hey, little Cobra
Don’t you know
You’re gonna shut’em down

When the flag went down
You could hear rubber burn
The Stingray had me going into the turn
I hung a big shift and I got into high
And then I flew by the Stingray
I waved bye-bye

Spring little Cobra
Getting ready to strike
Spring little Cobra
With all of your might
Spring little Cobra
Getting ready to strike
Spring little Cobra
With all of your might
Hey, little Cobra
Don’t you know
You’re gonna shut’em down

Around the far turn
In the straight-away
I was blowing off everything
That got in my way
The Stingrays and Jags
Were so far behind
I took my Cobra out of gear
And I coast to the line
Spring little Cobra
Getting ready to strike
Spring little Cobra
With all of your might
Spring little Cobra
Getting ready to strike
Spring little Cobra
With all of your might
Hey, little Cobra
Don’t you know
You’re gonna shut’em down
Shut’em down
Shut’em down
Shut’em down
Shut’em down

Dave Macdonald_Cobra Roadster
Dave MacDonald e o 0000…

Por Luiz Vicente Miranda, engenheiro mecânico, antigomobilista, possui um MGB Roadster 1967 e um Porsche 914 1974, entusiasta de esportes a motor, ex-kartista e motociclista apaixonado por máquinas inglesas, como Triumph, HRD-Vincent, Norton e BSA…
(reprodução)

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.