CONTA MAIS…

Eric e o Porsche 911S, 1971, do papi…
Esse carro meu pai comprou em 1989 por indicação de um amigo.O carro era da Família Whitaker(engesa)1º dono e ficou parado 12 anos em cavaletes.Foi vendido para um amigo de outro amigo do meu pai.

A Porsche 911S em 1990…

Veio para casa com apenas 27.000 km.tinha ainda os pneus Michelin originais porém ressecados e espete intacto,sem uso e em perfeito estado.
O carro funcionava,porém falhando um pouco,devido ao tempo.Levamos a 911 para o Manduca que era na Cardoso de Melo na V.Olimpia e constatou-se que a bomba de combustível estava ruim.
Foi trocada a bomba (U$$ 900,00)na época via Miami e os quatro pneus.Colocados os 4 Pirelli P600 medida 205/60 R 15 e regulagem geral da injeção mecânica Bosch.
O carro era imaculadamente novo,com os selos no compartimento do motor em dourado,tinha até o chaveiro original(que está comigo até hoje)e uma pelica que vinha na caixa de ferramentas de medida 1mx1m que era para secar o carro após lavagem.Repare na placa do carro que ainda tinha a plaqueta vermelha do DETRAN no canto esquerdo e em perfeito estado sem ferrugem desde 1980)
Depois disso,era só alegria.Colocavamos a capa de couro na frente para não picar o capo de pedras e fizemos o teste da pequena maravilha na Bandeirantes.
Quarta marcha 190 KM/H e quinta crescendo com aquele ronco lindo de 6 cilindros 200,210,220 km/h(o velocímetro tinha escala até 250 km/h) com certa facilidade.Era um motor meio fraco em baixa,porém após 4000 rpm era bruto e crescia até a vermelha nas 7000 rpm fácil.Tinha 180 cv em 2.200 cilindradas,totalmente original.Tinha uma alavanca pequena ao lado do freio de mão para acelerar(subir a lenta) quando fria (1700 rpm).Já era carter seco e me lembro que iam mais ou menos uns 10 litros de Móbil sintético.O radio era Becker com ponteiro no dial,porém procurava estações automaticamente e quando chegava no extremo direito do rádio voltava para o começo do dial sozinho.
Vidros elétricos,travas pneumáticas das portas,bancos em couro perfurados no centro,o centro do painel tinha o mesmo padrão de couro dos bancos.
O cambio era primeira para trás(seca,sem sincronizado)da 2º a 5º no H e a ré era como se fosse a primeira. As poucas vezes que dirigi,foram do lado do meu pai,afinal tinha 13 anos, mas já sabia das coisas.
Tirei ela da garagem de casa e pedi para ir até o final da rua.Ele deixou…..
Desci a rua na manhã só estudando o que viria a seguir. Virei lá no final e engatei a primeira,dei aquela olhada para cima,5.500 rpm e saí.O carro deu um pulo animal,patinou uns 3 metros e rapidamente 7000 rpm,segunda,pau de novo até 7000 rpm e já estava quase a 100 km/h na rua de casa…..freei e vim na manhã para parar o carro.
Desci e quando entrei em casa……pláu…..veio o pescotapa no menino aquique quase derrubou.
Porém….fiz o meu serviço.E não me arrependo não. Nunca vou esquecer.

Papinho com Eric Darwich, nosso aprendiz de feiticeiro master! Gostaram, vem mais por aí…
(reprodução)

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

16 comentários em “CONTA MAIS…

  • 7 de março de 2008 em 00:32
    Permalink

    Viu só Saloma como a coisa vira! O menino maluquinho, como a obra do Ziraldo, ainda vai ter um DKW, e vou fazer ele lamber a testa, para ter uma igual. Scooter Peugeot, a amarelinha, com power Honda CR 125 TWO STROKE. Este fds em Indaiatuba, teremos de solucionar a parte do radiador. Pois a tubagem está muito longa……. Para andar em Sampa, vai ser a coisa, 40 HP e 75 kilos! Breve no Youtube, e nas jantas da Confraria! ahhaah.

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 00:32
    Permalink

    Viu só Saloma como a coisa vira! O menino maluquinho, como a obra do Ziraldo, ainda vai ter um DKW, e vou fazer ele lamber a testa, para ter uma igual. Scooter Peugeot, a amarelinha, com power Honda CR 125 TWO STROKE. Este fds em Indaiatuba, teremos de solucionar a parte do radiador. Pois a tubagem está muito longa……. Para andar em Sampa, vai ser a coisa, 40 HP e 75 kilos! Breve no Youtube, e nas jantas da Confraria! ahhaah.

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 13:12
    Permalink

    Eric,

    A caixa do seu 911 é a do tipo 901, idêntica à dos 914, com a primeira para trás. Tenho um 914/4-2.0 e sei o que é engatar a primeira, um “parto-de-ouriço”.
    Na verdade, essa caixa não é seca, pois tem sincronizador na primeira, mas o engate é um pouco impreciso, obrigando a ter a marcha-lenta muito bem regulada para a primeira entrar “na boa”, respirando fundo e tendo calma. Mas dá para sair em segunda tranquilamente…

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 13:12
    Permalink

    Eric,

    A caixa do seu 911 é a do tipo 901, idêntica à dos 914, com a primeira para trás. Tenho um 914/4-2.0 e sei o que é engatar a primeira, um “parto-de-ouriço”.
    Na verdade, essa caixa não é seca, pois tem sincronizador na primeira, mas o engate é um pouco impreciso, obrigando a ter a marcha-lenta muito bem regulada para a primeira entrar “na boa”, respirando fundo e tendo calma. Mas dá para sair em segunda tranquilamente…

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 14:06
    Permalink

    Ah Erik!!

    Lembra do Roberto Guerrero na Indy 500 em 92 ?
    AI,ai,ai…

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 14:06
    Permalink

    Ah Erik!!

    Lembra do Roberto Guerrero na Indy 500 em 92 ?
    AI,ai,ai…

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 15:24
    Permalink

    Eric, vendo a foto da “criança”, dá para entender o “pescotapa”, hehehehe… teu pai devia ser bem zeloso mesmo (e tinha de ser)… mas começou bem, já afundando o pé no pedal da direita…

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 15:24
    Permalink

    Eric, vendo a foto da “criança”, dá para entender o “pescotapa”, hehehehe… teu pai devia ser bem zeloso mesmo (e tinha de ser)… mas começou bem, já afundando o pé no pedal da direita…

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 15:58
    Permalink

    esses porsches dos anos 70 são lindos demais… e essas rodas Fuchs, quero colocar uma réplica delas no meu Fusca 1500,ano 72, no qual irei colocar um motor 2.000 a ar, inspirado nos kit puma dos anos 70, com as “lendárias” Solex 40H44EIS com coletores pumas originais da epoca.. O projeto tá bem adiantado, já tenho a maioria das peças, recentemente comprei um bloco usado, tenho que mandar para a retifica para conferir as medidas, se tiver tudo ok, começaremos a montar o motor. Em breve mais novidades… Voltando ao Porsche 911, alguém acompanhou a mini-série da Globo, Queridos Amigos ? Lindo o 911 que apareceu …

    Resposta
  • 7 de março de 2008 em 15:58
    Permalink

    esses porsches dos anos 70 são lindos demais… e essas rodas Fuchs, quero colocar uma réplica delas no meu Fusca 1500,ano 72, no qual irei colocar um motor 2.000 a ar, inspirado nos kit puma dos anos 70, com as “lendárias” Solex 40H44EIS com coletores pumas originais da epoca.. O projeto tá bem adiantado, já tenho a maioria das peças, recentemente comprei um bloco usado, tenho que mandar para a retifica para conferir as medidas, se tiver tudo ok, começaremos a montar o motor. Em breve mais novidades… Voltando ao Porsche 911, alguém acompanhou a mini-série da Globo, Queridos Amigos ? Lindo o 911 que apareceu …

    Resposta
  • 8 de março de 2008 em 17:22
    Permalink

    Saloma,

    Que imagem mais celestial !!!!!
    Esse é exatamente o carro que eu mais sonho em possuir,uma 911 do início dos anos 70…Espero um dia chegar lá !!!!!
    Meu sogro,que foi o fundador da Turiscar do Brasil,fábrica de trailers,ficou com uma idêntica,em 1974,quando visitou alguns amigos e parentes na Alemanha,por dois meses.Conta ele que nunca sentiu tanta adrenalina em acelerar um automóvel como essa raridade lhe deu…Bateu uns 230 km/h nas Autobahn,por várias vezes,quando minha sogra cochilava no banco do carona…
    E quando o Seu Pedro retornou ao Brasil,quase chorou de raiva,ao pegar o seu carro de uso (que era um Ford Maverick Super Luxo,cupê,amarelo,ano 1973,e com motor V8 e rodas do GT),disse que a viatura parecia estacionada com freio de mão puxado…

    Resposta
  • 8 de março de 2008 em 17:22
    Permalink

    Saloma,

    Que imagem mais celestial !!!!!
    Esse é exatamente o carro que eu mais sonho em possuir,uma 911 do início dos anos 70…Espero um dia chegar lá !!!!!
    Meu sogro,que foi o fundador da Turiscar do Brasil,fábrica de trailers,ficou com uma idêntica,em 1974,quando visitou alguns amigos e parentes na Alemanha,por dois meses.Conta ele que nunca sentiu tanta adrenalina em acelerar um automóvel como essa raridade lhe deu…Bateu uns 230 km/h nas Autobahn,por várias vezes,quando minha sogra cochilava no banco do carona…
    E quando o Seu Pedro retornou ao Brasil,quase chorou de raiva,ao pegar o seu carro de uso (que era um Ford Maverick Super Luxo,cupê,amarelo,ano 1973,e com motor V8 e rodas do GT),disse que a viatura parecia estacionada com freio de mão puxado…

    Resposta
  • 25 de agosto de 2008 em 02:48
    Permalink

    Ola, tdbem? viu. eu nao sei como hceguei ateh essa site, mas li a historia do Porsche 911 S 71, e tenho essa foto q esta ai e mais umas 5 do carro.
    Pois meu pai vendeu ela em 89.
    Gostaria de saber se vc sabe onde esta o carro.
    A placa dela no dia dessa foto era BB3433.
    Tenho as outras fotos aqui se ouver interesse.
    Obrigado e aguardo resposta ancioso.
    Thiago Lody

    Resposta
  • 25 de agosto de 2008 em 02:48
    Permalink

    Ola, tdbem? viu. eu nao sei como hceguei ateh essa site, mas li a historia do Porsche 911 S 71, e tenho essa foto q esta ai e mais umas 5 do carro.
    Pois meu pai vendeu ela em 89.
    Gostaria de saber se vc sabe onde esta o carro.
    A placa dela no dia dessa foto era BB3433.
    Tenho as outras fotos aqui se ouver interesse.
    Obrigado e aguardo resposta ancioso.
    Thiago Lody

    Resposta
  • 25 de agosto de 2008 em 10:27
    Permalink

    Thiago,
    Meu pai comprou esse carro do seu pai,Valdir Lody.
    Ficamos com ela por um ano e meio mais ou menos e meu pai vendeu ao Tuca da F3.Trocou de dono de novo e agora se não me engano está com o advogado Sergio Magalhães,com a placa 1971.

    Resposta
  • 25 de agosto de 2008 em 10:27
    Permalink

    Thiago,
    Meu pai comprou esse carro do seu pai,Valdir Lody.
    Ficamos com ela por um ano e meio mais ou menos e meu pai vendeu ao Tuca da F3.Trocou de dono de novo e agora se não me engano está com o advogado Sergio Magalhães,com a placa 1971.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.