FÓRMULA VEE – 4 MILÉSIMOS DE SEGUNDO (0s004), SABE LÁ O QUE É ISSO RAPAZ!

Foi neste último final de semana, na terceira etapa do Campeonato Paulista de Automobilismo, em Interlagos, a vitória histórica de Ricardo Cury no duelo com João Pedro Maia, decidido na linha de chegada, na primeira bateria. Cury venceu por cerca de 12 centímetros, na pista que mede 4.309 metros.

 

Chegada que marcou o novo recorde de menor diferença na história da FVee, com vitória de Ricardo Cury (carro azul #01) contra João Pedro Maia por 4 milésimos de segundo (0s004), sábado, em Interlagos  Foto: Claudio Larangeira/Divulgação FVee

 

A marca supera em um milésimo de segundo o recorde anterior, de 0s005, registrado em abril de 2017 por Cristiano Denardi, também em Interlagos, em prova extra do Campeonato Paulista de FVee. E no ano passado, Augusto Santin venceu em Interlagos por 0s008, também pelo Paulista.

A nova marca da Fórmula Vee está entre as menores do automobilismo mundial. Segundo o Guinness Book, o recorde da vitória mais apertada de todos os tempos é do americano Logan Gomez. Ele venceu por 5 décimos de milésimo de segundo (0s0005) o GP de Chicagoland em Joliet, próximo a Chicago, na então Indy Pro Series, a atual Indy Lights.

 

 

“Cada vez eu me surpreendo mais com esta categoria”, disse Wilson Fittipaldi Júnior, criador da Fórmula Vee jungto com o irmão Emerson Fittipaldi e Ricardo Divila no Brasil, em 1967. “Quando a gente acha que já viu de tudo, acontece algo fantástico assim. Isso se deve ao equilíbrio que procuramos oferecer, com carros em condições parecidas para prevalecer o talento do piloto. Este é o espírito da Fórmula Vee e por isso assistimos a muitas chegadas como essa. Mas desta vez foi quase inacreditável!”

 

Ricardo Cury #01 lidera prova na qual estabeleceu o novo recorde para vitória mais apertada na história da Fórmula Vee no Brasil  Foto: Claudio Larangeira/Divulgação FVee

 

Para o novo recordista, o resultado foi como a conquista de um título.  “Eu e o João Pedro comemoramos, afinal não dava mesmo para saber que havia vencido”, disse Ricardo Cury. “Só depois, quando soube pelo rádio o resultado oficial, pude festejar a vitória. E quando me avisaram que foi por 4 milésimos, incrível, não dá nem para sonhar em algo tão dramático. Valeu como um título de campeão!”

A marca da FVee está entre as menores do mundo, em lista que inclui os pilotos brasileiros Ayrton Senna, Rubens Barrichello e Hélio Castroneves. Veja as chegadas mais apertadas, segundo o Guinness Book e levantamento da Fórmula Vee Brasil:

 

1)      0s0005, Logan Gomez (EUA), Joliet (EUA), Indy Pro Series, 2007

2)      0s0024, DeanStoneman (GBR), Indianápolis (EUA), Indy Lights, 2016

3)      0s0026, Peter Dempsey (IRL), em Indianápolis (EUA), Indy Lights, 2013

4)      0s0026, Ricky Craven (EUA), Carolina (EUA), Nascar, 2003

5)      0s0033, Hélio Castroneves (BRA), Joliet (EUA), Indy, 2008

6)      0s004, Ricardo Cury (BRA), Interlagos (BRA), Fórmula Vee, 2019

7)      0s005, Cristiano Denardi (BRA), Interlagos (BRA), Fórmula Vee, 2017

8)      0s006, Keven Harvick (EUA), Atlanta (EUA), Nascar, 2001

9)      0s008, Augusto Santin (BRA), Interlagos (BRA), Fórmula Vee, 2018

10)   0s010, Denny Hamlin (EUA), Daytona (EUA), Nascar, 2016

11)   0s011, Rubens Barrichello (BRA), Indianápolis (EUA), Fórmula 1, 2002

12)   0s014, Ayrton Senna (BRA), Jerez (ESP), Fórmula 1, 1986

 

Na segunda bateria, a vitória foi de Augusto Santin, também com uma chegada apertada. Ele venceu por apenas 54 milésimos de segundo (0s054). Foi a quarta vitória de Santin em seis provas na temporada. Ele lidera o Campeonato Paulista com 110 pontos. Ricardo Cury é o segundo, com 86. Augusto Santin também lidera na FVee Máster.

Na FVee Júnior, João Pedro Maia ficou com a vitória na primeira bateria e o alagoano Elisio Neto venceu a segunda. Foi a quarta vitória de João Pedro em seis provas. Ele lidera a Júnior com 98 pontos, contra 58 de Elisio Netto.

Acidente em Interlagos

As provas deste sábado, que reuniram carros da FVee e da F1600, foram marcadas também por um forte acidente. Na segunda bateria, Alvaro Paes, da F1600, derrapou em macha de óleo logo após a curva Chico Landi e bateu na proteção de pneus. Ele não sofreu ferimentos.

 

 

Resultado da 1ª bateria na 3ª etapa do Campeonato Paulista de FVee em Interlagos, sábado (20/4):

 

Ricardo Cury comemora a vitória mais apertada da história da Fórmula Vee no Brasil por apenas 0s004 Foto: Claudio Larangeira/Divulgação FVee

 

1)      Ricardo Cury, 24min33s630

2)      João Pedro Maia, a 0s004

3)      Francisco Costa, a 4s897

4)      Antonio Carlos Vieira de Souza, a 5s043

5)      Augusto Santin, a 6s128

6)      Pedro Facchini, a 10s976

7)      Luis Albinati, a 39s254

8)      Charles Camargo, a 1 volta

9)      Elisio Netto, a 11 voltas

 

Resultado da 2ª bateria na 3ª etapa do Campeonato Paulista de FVee em Interlagos, sábado (20/4):

 

Augusto Santin (#33) vence a segunda bateria em Interlagos e lidera o Campeonato Paulista de FVee Foto: Claudio Larangeira/Divulgação FVee

 

1)      Augusto Santin, 26min18s543

2)      Ricardo Cury, a 0s054

3)      Charles Camargo, a 4s886

4)      Francisco Costa, a 10s224

5)      Antonio Carlos Vieira de Souza, a 13s056

6)      Luis Albinati, a 45s298

7)      Elisio Netto, a 1 volta

8)      João Pedro Maia, a 7 voltas

9)      Saulo Soares, a 9 voltas

10)   Braian Reganhan, a 10 voltas

 

Classificação do Campeonato Paulista de Fórmula Vee:

1)      Augusto Santin – 110 pontos

2)      Ricardo Cury – 86

3)      Francisco Costa – 84

4)      Antonio Carlos Vieira de Souza – 84

5)      João Pedro Maia – 74

6)      Elisio Netto – 35

7)      Saulo Soares – 27

8)      Elisio Netto – 26

9)      Dave Sharp – 26

10)   Charles Camargo – 24

11)   Paulo Campaneli – 20

12)   Luis Albinati – 19

13)   Pedro Facchini – 10

14)   Braian Reganhan – 0

15)   Wallace Martins – 0

 

Classificação da FVee Jr:

1)      João Pedro Maia – 98 pontos

2)      Elisio Netto – 58

3)      Wallace Martins – 0

 

Classificação do Paulista Máster de FVee:

1)      Augusto Santin – 112 pontos

2)      Antonio Carlos Vieira de Souza – 92

3)      Francisco Costa – 88

4)      Ricardo Cury – 88

5)      Saulo Soares – 36

6)      Dave Sharp – 34

[reprodução]

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.