FÓRMULA 1 – PUNIÇÕES, ESTRATÉGIAS ARRISCADAS, E MANUTENÇÃO DOS PNEUS, UM GP SEMPRE MARCADO COM FORTES EMOÇÕES

Lewis Hamilton levou mais um GP para conta, o Grande Prêmio do México, fazendo uma estratégia ambiciosa para vencer Sebastian Vettel da Ferrari e seu companheiro de equipe Valtteri Bottas – embora não tenha sido suficiente para o britânico garantiu o sexto título de pilotos sobre Bottas no Autódromo Hermanos Rodriguez.

Hamilton soberbamente tirou o máximo dos pneus de borracha dura, fazendo um “stint” de 48 voltas para conseguir sua segunda vitória no México e a 100ª da Mercedes como construtora.

Uma roda no segundo pit levou o líder da corrida Charles Leclerc para o quarto lugar, à frente do Red Bull de Alex Albon no quinto.

Depois de perder sua pole position com punição em bandeira amarela, Max Verstappen sofreu com o desastroso Grande Prêmio do México, com o contato na quarta volta com Bottas – após o contato da primeira volta com Hamilton – causando um furo que o viu forçado a se recuperar em um sexto lugar, atrás do companheiro de equipe Alex Albon depois de uma corrida “longa” de 66 voltas em pneus duros.

O piloto da casa, Sergio Perez, fez uma boa corrida para terminar em sétimo, duelando no final com Daniel Ricciardo que também soube preservar os pneus, enquanto Daniil Kvyat e Pierre Gasly terminaram em nono e décimo. Mas o contato entre Kvyat e Nico Hulkenberg, que tirou da pista o piloto da Renault na curva 16 e perdendo a asa traseira, mas ao final Kvyat foi penalizado e Hulk terminando em 10°.

A luta pelo título de pilotos se arrasta para Austin na terra do Tio Sam e um pódio espetacular, com o W10 erguido junto ao seu piloto Hamilton.


Hamilton: “Esta é a torcida mais legal que já vi. O resultado foi incrível, a equipe continua trabalhando muito focada. Tive uma avaria no carro, foi uma sequência de voltas muito grande com esses pneus e estou muito feliz. O GP do México sempre foi difícil para nós, mas hoje o carro foi ótimo. Não foi fácil manter as Ferraris atrás da gente”.

Vettel: “Foi uma surpresa, os pneus duros duraram muito, eu tinha o Bottas me pressionando, mas o Hamilton pareria estar passeando no fim da prova. Estou feliz, mas poderíamos ter feito uma estratégia melhor. A torcida mexicana é uma das melhores.”

Bottas: “Foi um bom resultado, a largada foi difícil e perdi uma posição, acho que não poderia ter feito mais do que fizemos hoje, então foi bom. Tenho boa velocidade, confiança, espero continuar assim. Estou ansioso pela próxima corrida.”


RESULTADO GP DO MÉXICO #2019

PosPilotosTempo
1L. HamiltonMercedes·#441:36:48.904
2S. VettelFerrari·#5+1.766s
3V. BottasMercedes·#77+3.553s
4C. LeclercFerrari·#16+6.368s
5A. AlbonRed Bull·#23+21.399s
6M. VerstappenRed Bull·#33+68.807s
7S. PerezRacing Point·#11+73.819s
8D. RicciardoRenault·#3+74.924s
9P. GaslyToro Rosso·#10Mais 1 volta
10N. HulkenbergRenault·#27Mais 1 volta
11D. KvyatToro Rosso·#26Mais 1 volta
12L. StrollRacing Point·#18Mais 1 volta
13C. Sainz Jr.McLaren·#55Mais 1 volta
14A. GiovinazziAlfa Romeo·#99Mais 1 volta
15K. MagnussenHaas·#20Mais 2 voltas
16G. RussellWilliams·#63Mais 2 voltas
17R. GrosjeanHaas·#8Mais 2 voltas
18R. KubicaWilliams·#88Mais 2 voltas
19K. RaikkonenAlfa Romeo·#7Não concluiu
20L. NorrisMcLaren·#4Não concluiu

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.