Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

22 comentários em “FESTIVAL DE RECORDES – ALFA GTV DE TITE CATAPANI

  • 24 de setembro de 2008 em 14:15
    Permalink

    Gozado, Saloma…
    Também não tenho o registro da participação deste carro no Festival de Recordes.
    Um curiosidade, este Festival foi realizado dez dias (14 de novembro) antes das Mil Milhas de 1970 (24 de novembro), o que atesta a “inteligência” de nossos dirigentes…
    Reparem na configuração de corrida longa da Alfa GTV, nesta ocasião equipada com motor 1900 cc Autodelta, como convinha à ocasião.
    Será que não se inscreveu só para dar uma acertadinha no engenho?
    Não acredito muito, com Interlagos disponível para treinos…
    Enfim, alguém sabe alguma coisa a respeito?

    Resposta
  • 24 de setembro de 2008 em 14:15
    Permalink

    Gozado, Saloma…
    Também não tenho o registro da participação deste carro no Festival de Recordes.
    Um curiosidade, este Festival foi realizado dez dias (14 de novembro) antes das Mil Milhas de 1970 (24 de novembro), o que atesta a “inteligência” de nossos dirigentes…
    Reparem na configuração de corrida longa da Alfa GTV, nesta ocasião equipada com motor 1900 cc Autodelta, como convinha à ocasião.
    Será que não se inscreveu só para dar uma acertadinha no engenho?
    Não acredito muito, com Interlagos disponível para treinos…
    Enfim, alguém sabe alguma coisa a respeito?

    Resposta
  • 24 de setembro de 2008 em 14:20
    Permalink

    Ou então foi fazer um gracejo para o povo e achar alguns fãs para a corrida!

    Resposta
  • 24 de setembro de 2008 em 14:20
    Permalink

    Ou então foi fazer um gracejo para o povo e achar alguns fãs para a corrida!

    Resposta
  • 25 de setembro de 2008 em 03:43
    Permalink

    Ôôôps !
    GTV Júnior não existe ! Era GTV ou GTJ.
    Das coupes do tipo 105, a com motor 1.570 c.c. ganhou o nome de Giulia Sprint Veloce ou GTV. Algumas poucas unidades ganharam um motor 1.290 e foram batizadas de Giulia Sprint Junior, ou GTJ. Mas nunca soube de nenhuma destas no braZil.
    A GTA (A de Alleggerita, ou “levezinha”), com carroceria de alumínio, nasceu em 1965 com o motor de 1570 c.c., nas versões de 115 e 165 HP.
    Em 1966, foi substituida pela GTA Júnior, com motor 1.290 c.c., nas versões de 95 HP e 180 HP.
    Com esta cavalaria e pesando apenas 740 kg, o Andrea de Adamich fez barba e cabelo no campeonato daquele ano.
    Em 1968, foi introduzida a GTAm (M de “Maggiorata”), que apesar de manter o A, perdeu a carroceria de alumínio, mas ganhou uma usina de 1.985 c.c. e 250 HP.
    Vieram para o braZil algumas GTA 1600, várias GTA Junior, e apenas uma GTAm.

    Gostaria de saber que motor é este 1900 que Sir Joaquim deduziu que equipava a barata do Tite-Flexa !

    Resposta
  • 25 de setembro de 2008 em 03:43
    Permalink

    Ôôôps !
    GTV Júnior não existe ! Era GTV ou GTJ.
    Das coupes do tipo 105, a com motor 1.570 c.c. ganhou o nome de Giulia Sprint Veloce ou GTV. Algumas poucas unidades ganharam um motor 1.290 e foram batizadas de Giulia Sprint Junior, ou GTJ. Mas nunca soube de nenhuma destas no braZil.
    A GTA (A de Alleggerita, ou “levezinha”), com carroceria de alumínio, nasceu em 1965 com o motor de 1570 c.c., nas versões de 115 e 165 HP.
    Em 1966, foi substituida pela GTA Júnior, com motor 1.290 c.c., nas versões de 95 HP e 180 HP.
    Com esta cavalaria e pesando apenas 740 kg, o Andrea de Adamich fez barba e cabelo no campeonato daquele ano.
    Em 1968, foi introduzida a GTAm (M de “Maggiorata”), que apesar de manter o A, perdeu a carroceria de alumínio, mas ganhou uma usina de 1.985 c.c. e 250 HP.
    Vieram para o braZil algumas GTA 1600, várias GTA Junior, e apenas uma GTAm.

    Gostaria de saber que motor é este 1900 que Sir Joaquim deduziu que equipava a barata do Tite-Flexa !

    Resposta
  • 25 de setembro de 2008 em 16:06
    Permalink

    Simples, Mr. M…

    Este carro correu as Mil Milhas de 1970 com a dupla Tite Catapani e Piero gancia e na ficha de inscrição – a qual tive acesso ao original – consta no campo “ficha técnica” motor 1900 cc Autodelta.Aliás, alguns juram que o A da sigla GTA vem de Autodelta e não de Allegerita, mas quem sou eu…
    Nas reportagens da época também consta como motor 1900 cc; como veio parar aí só perguntando ao Piero Gancia ou Emilio Zambello, já que o Giuseppe Perego e Manolo já se foram deste andar.
    Me baseei na documentação da época, caso esteja errado aí não é mais comigo.

    Abraços,

    Resposta
  • 25 de setembro de 2008 em 16:06
    Permalink

    Simples, Mr. M…

    Este carro correu as Mil Milhas de 1970 com a dupla Tite Catapani e Piero gancia e na ficha de inscrição – a qual tive acesso ao original – consta no campo “ficha técnica” motor 1900 cc Autodelta.Aliás, alguns juram que o A da sigla GTA vem de Autodelta e não de Allegerita, mas quem sou eu…
    Nas reportagens da época também consta como motor 1900 cc; como veio parar aí só perguntando ao Piero Gancia ou Emilio Zambello, já que o Giuseppe Perego e Manolo já se foram deste andar.
    Me baseei na documentação da época, caso esteja errado aí não é mais comigo.

    Abraços,

    Resposta
  • 26 de setembro de 2008 em 14:54
    Permalink

    Joaquim,
    É isso aí, M deu uma noção do que entrou de GTA e GTA Junior no Brasil. A que pertencia ao Anão é uma Junior. Algumas Junior tiveram motores 1600 aumentados para 1900 instalados, e obviamente as relações de transmissão.
    Vou bater um papo com M agora. Ele saiu do Aeroporto do Galeão onde faz escala e, enquanto não embarca, está vindo de taxi aqui para o Centro do Rio para um bate-papo ao vivo e a cores.
    Em tempo, conheci uma Giulia Sprint Junior (1300 cm3 anos 60) aqui no Rio, quase comprei, mas estava muito bombardeada e desisti.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2008 em 14:54
    Permalink

    Joaquim,
    É isso aí, M deu uma noção do que entrou de GTA e GTA Junior no Brasil. A que pertencia ao Anão é uma Junior. Algumas Junior tiveram motores 1600 aumentados para 1900 instalados, e obviamente as relações de transmissão.
    Vou bater um papo com M agora. Ele saiu do Aeroporto do Galeão onde faz escala e, enquanto não embarca, está vindo de taxi aqui para o Centro do Rio para um bate-papo ao vivo e a cores.
    Em tempo, conheci uma Giulia Sprint Junior (1300 cm3 anos 60) aqui no Rio, quase comprei, mas estava muito bombardeada e desisti.

    Resposta
  • 26 de setembro de 2008 em 19:46
    Permalink

    Joaquim,

    corrigindo ….

    ….. Algumas Junior tiveram motores 1600 instalados e, segundo alguns, aumentados para 1900, e obviamente as relações de transmissão.

    E lembre-se GTA é sinônimo de dupla alumagem (2 velas por cilindro).

    Resposta
  • 26 de setembro de 2008 em 19:46
    Permalink

    Joaquim,

    corrigindo ….

    ….. Algumas Junior tiveram motores 1600 instalados e, segundo alguns, aumentados para 1900, e obviamente as relações de transmissão.

    E lembre-se GTA é sinônimo de dupla alumagem (2 velas por cilindro).

    Resposta
  • 26 de setembro de 2008 em 20:23
    Permalink

    Vicente,

    Sem contar que ali por 69 apareceu por aqui, via Jolly obviamente, uma versão GT 1750 cc. Teve até um “Ao Volante” da revista Autoesporte com la macchina, se não me engano com o Pedro Victor de Lamare.

    A conferir…

    Cuidado com Mr M… vai acabar te vendendo umas Lolas encalhadas na garagem dele..hehehehehe…

    Resposta
  • 26 de setembro de 2008 em 20:23
    Permalink

    Vicente,

    Sem contar que ali por 69 apareceu por aqui, via Jolly obviamente, uma versão GT 1750 cc. Teve até um “Ao Volante” da revista Autoesporte com la macchina, se não me engano com o Pedro Victor de Lamare.

    A conferir…

    Cuidado com Mr M… vai acabar te vendendo umas Lolas encalhadas na garagem dele..hehehehehe…

    Resposta
  • 28 de setembro de 2008 em 02:33
    Permalink

    Xiii…
    VCs estao por fora !
    As 1750 sairam, meio na marra, por causa do mercado americano.
    Quando enfiaram as Spica nos 1600, a potencia ficou devendo. O jeito foi meter cilindrada. E ate resolveu, mas para andar na rua.
    A grande receita da GTA Jr. era o corso corto. A josta girava la em cima, e potencia vem no giro.
    Mas se botasse pistao maior, o caldo desandava.
    Ate hoje o pessoal, por aqui, discute este motor 1750.
    Dizem que so serve para ir ao supermercado.

    PS – Num tem Lola a venda, naum…

    Resposta
  • 28 de setembro de 2008 em 02:33
    Permalink

    Xiii…
    VCs estao por fora !
    As 1750 sairam, meio na marra, por causa do mercado americano.
    Quando enfiaram as Spica nos 1600, a potencia ficou devendo. O jeito foi meter cilindrada. E ate resolveu, mas para andar na rua.
    A grande receita da GTA Jr. era o corso corto. A josta girava la em cima, e potencia vem no giro.
    Mas se botasse pistao maior, o caldo desandava.
    Ate hoje o pessoal, por aqui, discute este motor 1750.
    Dizem que so serve para ir ao supermercado.

    PS – Num tem Lola a venda, naum…

    Resposta
  • 29 de setembro de 2008 em 10:20
    Permalink

    M,
    Calma, Mr M, calma …. Olha a pressão! Keep cool.
    Concordo que as GTA 1300 andavam muito, mas as GTAs que andaram em nossas pistas, em sua grande maioria, era originalmente 1600, algumas, pelo que se conta, com cilindrada elevada para 1900. Até prova documental em contrário ou depoimento de Zambello ou outro piloto ou preparador que tenha mexido nesses carros.

    Resposta
  • 29 de setembro de 2008 em 10:20
    Permalink

    M,
    Calma, Mr M, calma …. Olha a pressão! Keep cool.
    Concordo que as GTA 1300 andavam muito, mas as GTAs que andaram em nossas pistas, em sua grande maioria, era originalmente 1600, algumas, pelo que se conta, com cilindrada elevada para 1900. Até prova documental em contrário ou depoimento de Zambello ou outro piloto ou preparador que tenha mexido nesses carros.

    Resposta
  • 30 de setembro de 2008 em 11:46
    Permalink

    M, Joaquim, Saloma e a quem interessar possa,

    Informo que ontem conversei com “Seu” Angelo, pai do saudoso Anão (Luis Fernando Gonçalves), e soube que a GTA já foi vendida.

    Resposta
  • 30 de setembro de 2008 em 11:46
    Permalink

    M, Joaquim, Saloma e a quem interessar possa,

    Informo que ontem conversei com “Seu” Angelo, pai do saudoso Anão (Luis Fernando Gonçalves), e soube que a GTA já foi vendida.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.