ENDURANCE BRASIL – COM RECORDE NA POLE E DISPUTAS SENSACIONAIS!

O AJR da JLM Racing é veloz com um pouco mais de confiabilidade será o carro a ser batido, a equipe se empenha ao limite para chegar a resultados fantásticos para a categoria de endurance!
Largada Endurance Brasil

Uma classificação surpreendente, no protótipo AJR da JLM Racing, o ex-F1 Tarso Marques marcou 1.16s271. Com o resultado, Marques conquistou a pole da prova de quatro horas de duração, válida pela segunda etapa da temporada 2019 do Império Endurance Brasil.


“Essa pole tem um motivo especial, principalmente, porque essa é a primeira vez da categoria em Goiânia. Vencemos a primeira etapa em Curitiba, onde nosso ritmo de classificação não era tão bom e hoje deu tudo certo na classificação”, falou Marques.


Para Vicente Orige, a evolução do carro tem sido constante a cada etapa. “Treinamos bastante no RS e isso está sendo evidenciado na pista. O Tarso fez um excelente trabalho na classificação e, realmente voou. Está de parabéns”, destacou o catarinense, que faz sua segunda temporada na categoria. 


Nessa etapa andaram em 2 pilotos, Vicente Orige e Tarso Marques, infelizmente o Carlos Kray está com uma Hérnia de disco cervical e ficou impossibilitado de correr. Classificaram em 1º e lideraram 1,5 das 4 hrs de corrida, mas abandonaram devido a quebra da embreagem.

“Nosso carro está muito veloz, equipe JLM Racing de parabéns e agora é focar na etapa de Tarumã RS daqui 3 semanas”, disse Vicente.



Na categoria GT4Kreis Jr. vence em Goiânia e assume liderança do Endurance Brasil

O piloto catarinense Kreis Jr. teve um final de semana perfeito em Goiânia na 2ª etapa do Brasileiro de Endurance que culminou na vitória na corrida e de quebra a liderança na categoria GT4.

Ginetta G55 #16 -Renan Guerra – Roberto Braga – Kreis Foto: Rodrigo Guimarães

Dividindo a condução do Ginetta G55 #16 com Renan Guerra e Roberto Braga, Kreis assumiu o volante na primeira parte da prova de 4 horas e largou na 3ª posição em sua categoria, entregando o carro na liderança ao final de seu turno, e seus companheiros mantiveram o ritmo forte até o fim.

Com o resultado conquistado em Goiânia Kreis assumiu a ponta na tabela geral de classificação na categoria GT4 e agora já pensa na próxima etapa, que será realizada dia 15 de junho no Autódromo de Tarumã, na grande Porto Alegre (RS).

Vitória em Goiânia e liderança na categoria GT4 do Brasileiro de Endurance Foto: Rodrigo Guimarães

“Foi um final de semana simplesmente perfeito, a equipe trabalhou com excelência e o carro esteve magnífico, tanto é que conseguimos 2 voltas de vantagem sobre o segundo colocado em nossa categoria. Não poderia ter sido melhor!”, vibrou o representante de Jaraguá do Sul.
“O resultado foi absolutamente perfeito e agora vamos buscar a vitória em Tarumã e seguir com muito mais força na busca pelo título da temporada”, encerrou Kreis Jr., que tem o patrocínio da Raumak.


Na categoria GT3 – Terceiro lugar para a Stuttgart Motorsport no Endurance Brasil

A equipe Stuttgart Motorsport superou uma série de incidentes para terminar em terceiro lugar na categoria GT3 nas Quatro Horas de Goiânia, segunda etapa do Endurance Brasil 2019 com o Porsche 911 GT3 R, Marcel Visconde e Ricardo Mauricio.

Porsche 911 GT3 R da Stuttgart Motorsport Foto Rodrigo Guimarães/Stuttgart Motorsport

O forte calor foi um desafio extra nas Quatro Horas de Goiânia. O Porsche esteve na disputa pelos primeiros lugares durante todo o tempo, com Visconde fazendo o turno inicial. Mauricio assumiu o volante no segundo turno e sustentou uma disputa com a Ferrari de Longo – os dois carros chegaram a se tocar durante uma manobra de ultrapassagem, sem maiores conseqüências.

Visconde e Mauricio em disputa com Serra e Longo vencedores da prova Foto Rodrigo Guimarães/Stuttgart Motorsport

Visconde reassumiu o volante no terceiro turno e manteve o Porsche nos primeiros lugares. O momento de maior tensão aconteceu em uma ultrapassagem sobre um carro de categoria mais lenta: Visconde iniciou a manobra antes de uma curva, mas não foi visto pelo retardatário, que fez normalmente seu traçado. Visconde jogou o Porsche para a grama, mas o toque entre os dois carros foi inevitável. Ambos continuaram normalmente na prova.

No último turno, Mauricio voltou à pista em terceiro lugar e, faltando meia hora para o fim da prova, aproximou-se de Xandinho, segundo colocado na GT3. Depois de algumas voltas, Mauricio tentou a ultrapassagem no S do miolo do circuito. O Porsche chegou a ficar na frente, mas recebeu um toque do adversário na segunda perna do S e rodou, ficando parado na pista durante uma volta. Mauricio recolocou o Porsche em movimento e recebeu a bandeirada em terceiro lugar.

Visconde e Mauricio no terceiro lugar do pódio da categoria GT3 Foto Rodrigo Guimarães/Stuttgart Motorsport

“Apesar desses incidentes, foi um resultado positivo. Nosso carro rendeu bem e estava muito equilibrado. Conseguimos uma boa evolução neste fim de semana e isso foi importante. Vamos para a próxima corrida”, afirmou Mauricio, que formou com Visconde a dupla campeã do Endurance Brasil em 2017. A terceira etapa do Endurance Brasil acontecerá no dia 15 de junho no autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul.



Na categoria GT4 – Audi RS3 da Eurobike termina em quarto lugar

Audi RS3 da Eurobike, pilotado por Henry Visconde-Márcio Basso-Guilherme Salas Foto Rodrigo Ruiz/Eurobike

A equipe Eurobike terminou em quarto lugar na categoria GT4 nas Quatro Horas de Goiânia, segunda etapa do Endurance Brasil em 2019. O Audi RS3 do trio Henry Visconde/Márcio Basso/Guilherme Salas poderia ter alcançado um resultado melhor se não fosse uma parada não programada no box para sanar um problema de superaquecimento no câmbio.

“Este é um problema que nunca aconteceu neste carro. Acredito que tenha sido por causa do calor muito forte aqui em Goiânia”, afirmou Henry Visconde, campeão da GT4 em 2018.


No começo da prova, o Audi RS3 havia passado por outro incidente: uma colisão com o protótipo AJR de Pedro Queirolo/David Muffato, um carro de uma categoria mais rápida. Muffato fez a ultrapassagem e bateu no Audi da Eurobike ao retornar a seu traçado para fazer a curva seguinte. O Audi continuou normalmente na corrida, mas Muffato precisou parar no box para fazer reparos no AJR − e assumiu a responsabilidade pelo incidente.


Antes da largada, todas as equipes do Endurance Brasil prestaram uma homenagem a Carlinhos Andrade, chefe da equipe MC Tubarão, responsável pela preparação e pelo serviço de box do Audi RS3 da Eurobike. Personagem lendário do automobilismo brasileiro, Carlinhos faleceu no dia 6 de abril aos 66 anos, vitimado por um infarto fulminante. Ele começou a correr em 1979. Sempre conciliando a pilotagem com a preparação dos carros, começou na década de 2000 a construir os protótipos MC Tubarão, já tendo na equipe o trabalho dos filhos Tiel e Carlos Geison, que continuarão a defender nas pistas o legado do pai. Foto Rodrigo Ruiz/Eurobike


Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.