OLD STOCK RACE – INTERLAGOS ASSISTE A CAVALHADA MOTORIZADA DA CATEGORIA, 7.500 HP DE EMOÇÃO PURA, A OLD ESTA DE VOLTA!

Na quarta temporada, a Old Stock Race segue sendo a categoria máster do automobilismo raiz! Os Opalas consagram a categoria e clube fiéis de aficionados comparecendo em massa no autódromo de Interlagos neste final de semana de primeira etapa.

 

Largada da primeira prova. Rafael #54 mantém a ponta, mas é ameaçado por Rodrigo Pimenta #51 e Grego Lemonias #18  Foto: Humberto Silva/OSR
O homem a ser batido, Rafael Lopes #54 : “A expectativa e a melhor possível, apostamos em um pacote de melhorias e espero que isso nos faça manter a ponta e trazer bons resultados. Conto com a competência de nossa equipe e vamos defender o título. Estou focado nisso e sei também que teremos um trabalho duro, pois outras equipes e pilotos também fizeram mudanças e algumas duplas se formaram tornando-se mais fortes, mas estou num bom momento físico e mental e vamos pra cima.” falou o piloto do #54.
Rafael Lopes, atual campeão da categoria Old Stock Race   Foto: Humberto Silva/OSR

 

A dança das cadeiras dos pilotos em 2019, fez uma revolução nas duplas, dentre eles a dupla formada pelo bi-campeão da categoria Rodrigo Pimenta e o veterano Pedro Pimenta no Old#51.
Rodrigo e Pedro Pimenta #51   Foto: Humberto Silva/OSR

De volta ao grid é Alexandre Navarro, que já passou por categorias como Sprint Race, Marcas e Pilotos, Mercedes-Benz Challenge, Mitsubishi Cup, Copa Truck e Brasileiro de Marcas. “Para mim é uma honra participar de uma categoria como a Old Stock Race, que traz a emoção de uma época a qual meus ídolos corriam e abrilhantavam o automobilismo. Hoje uma categoria extremamente competitiva e com um público que emociona a cada largada.” disse o piloto que em 2016 fez uma prova em dupla com Djalma Fogaça. Alexandre agora divide o novo opala 909 com Alex Pimenta e espera muito dessa nova parceria. “Realmente é uma emoção indescritível voltar aos grid desta fantástica categoria!” completou.
Alex Pimenta e Alexandre Navarro #909 Foto: Humberto Silva/OSR

 

Mais uma dupla nova para 2019, Ricardo Santos que irá dividir com Pedro Gomes o Old #22. “É uma maquina muito forte, difícil de domar mas é isso que a torna muito mais prazerosa, pois temos que “sentir” o chão do carro para conseguir fazer uma boa volta, ainda é bem cedo para dizer quanto tempo vou levar para me adaptar mas o primeiro contato me  deixou animado.”Disse Ricardo.
Foto: Humberto Silva/OSR
A dupla do Old #22: Ricardo SantosPedro Gomes  Foto: Humberto Silva/OSR

 

Ronaldo Paulino, o “China” Old #77, forma dupla com Felipe Lemonias, que fez sua estreia na última etapa do ano passado e agora vem para participar de uma temporada inteira.
Ronaldo Paulino, o China Old #77 Foto: Humberto Silva/OSR

 

Amauri Biem vem de Old #7 com as cores do patrocinador, assim como Gláucio Doreto, Old #89 com visual novo. Fabio Mencarelli Old #12 de layout novo, assim como Glauco Barros do Old #31.
Amauri Biem #7 Foto: Humberto Silva/OSR

 

Gláucio Doreto #89  Foto: Humberto Silva/OSR
Fabio Mencarelli #12   Foto: Humberto Silva/OSR
Glauco Barros #31 Foto: Humberto Silva/OSR

 

Um grid bem renovado para a primeira etapa, pilotos que saíram da cerreira solo e passaram a formar duplas. Olds com visual novo e promessa de 25 carros para a primeira etapa. E tudo isso se confirmou! Nos treinos livres de sexta feira os 25 inscritos, deu Rafael Lopes, atual campeão da categoria, o mais rápido cravando 2m00s461 em sua melhor volta. No sábado de classificação, Pedro Gomes depois de marcar a volta mais rápida, com 2m00s954 sofreu uma penalização, perdendo a pole para Rafael Lopes com o tempo de  2m01s008  confirmando a boa performance da equipe.
O grid completo para a primeira prova no domingo:
Pos  Num Piloto Dif Melhor volta
1 54 Rafael Lopes 0.000 2:01.008
2 51 P. Pimenta (M)/ Rodrigo Pimenta 0.366 2:01.374
3 38 Vinicius Pimentel(M)/ Rodrigo Giordano 1.215 2:02.223
4 3 Ricardo Alvarez 1.368 2:02.376
5 18 Georges Lemonias (M) 1.709 2:02.717
6 64 Marcos Philippi 2.216 2:03.224
7 23 Fabio Franzoni 2.360 2:03.368
8 25 Jorge Schuback (M) 2.421 2:03.429
9 45 Daniel Kelemen 3.001 2:04.009
10 11 Robinson Molly/ Sandro Sanches 3.082 2:04.090
11 909 Alex Dimas/ Alexandre Navarro 3.723 2:04.731
12 93 Felipe Matos 4.706 2:05.714
13 77 Ronaldo Paulino (China) 5.601 2:06.609
14 7 Amaury Biem 5.724 2:06.732
15 31 Glauco Barros 6.180 2:07.188
16 89 Glaucio Doreto 6.483 2:07.491
17 78 Arnando dos Santos 7.157 2:08.165
18 12 Fabio Mencarelli 8.481 2:09.489
19 5 Carlos Gomes (M) 8.533 2:09.541
20 333 Alex Fabiano/ Ciro Paciello 12.564 2:13.572
21 9 Marco Maragno/ Evandro Camargo 0.000 0.000
22 21 Everson de Paula 0.000 0.000
DQ 22 Pedro Gomes/ Ricardo dos Santos 0.000 2:00.954
DQ 113 Rodrigo Helal 0.000 2:02.530
DQ 28 Vanessa Vorcaro/ Mallaco 0.000 2:10.841

 

Dentre tantas novidades no grid de 2019, uma comemoração: Jorge Claudio Schuback completa este ano 60 anos dedicados ao automobilismo. Aos 75 anos de idade, Schuback está em plena atividade e se diz grato por tudo que o esporte lhe proporcionou ao longo de todos esses anos. “Comecei aos 15 anos correndo de moto e depois fui para o kart e um tempo depois parti para os carros de turismo. Hoje é emocionante domar o opala numa categoria tão especial e prazerosa como é a Old Stock Race, pretendo continuar correndo enquanto Deus me permitir.” disse Schuback.

 

Jorge Claudio Schuback Foto: Humberto Silva/OSR

 

 

Corrida 1

 

Largada corrida 1 Foto: Humberto Silva/OSR

 

Rafael Lopes largou da pole position na primeira corrida e manteve a posição ao longo das 12 voltas, não sem ser atacado pelos rivais. O piloto chegou a perder a primeira posição para George Lemonias no início da prova, mas um problema no Old #18 o fez recuperar a ponta na sequência.
Depois, foi Rodrigo Pimenta quem o atacou até parar por problemas mecânicos. Com seus adversários mais diretos fora da prova Rafael encontrou um ritmo rápido e abriu vantagem confortável para a vitória corrida 1.

 

 

A segunda e terceira posições disputada por Rodrigo Leite e Ricardo Alvarez nas voltas finais, ficaram nesta ordem. Rodrigo Helal de layout novo no Old #113 chegou forte no quarto lugar mostrando que seria forte concorrente para vitória na segunda corrida no domingo, e Jorge Schuback, que comemorou 60 anos de carreira no final de semana, fechou o top-5.
A corrida não contou com nenhuma intervenção do Safety Car, apesar de disputas calorosas e pelo menos dois incidentes mais fortes. Ainda na primeira volta, Amaury Biem rodou no miolo do circuito, e levou outros dois pilotos para fora da pista. O Old #7 fez uma corrida de recuperação e terminou em 11º lugar na classificação final. Um susto na sétima volta, Vanessa Vorcaro bateu forte na Curva do Lago, e retornou à pista em situação perigosa, quase provocando um acidente maior.
Old Stock Race – primeira corrida
1º – Rafael Lopes – 12 voltas em 24min57s625
2º – Rodrigo Leite – a 6s175
3º – Ricardo Alvarez – a 6s381
4º – Rodrigo Helal – a 7s255
5º – Jorge Schuback – a 21s962
6º – Sandro Sanches – a 34s349
7º – Daniel Kelemen – a 42s014
8º – Fábio Franzoni – a 46s477
9º – Alexandre Navarro – a 49s679
10º – Glauco Barros – a 1min25s236
11º – Amaury Biem – a 1min39s730
12º – Fábio Mencarelli – a 2min06s673
13º – Felipe Matos – a 1 volta
14º – Marcos Philippi – a 1 volta
15º – Carlos Alberto Gomes – a 3 voltas
Não completaram
Ricardo de Maria – a 4 voltas
Rodrigo Dimas Pimenta – a 7 voltas
Vanessa Vorcaro – a 7 voltas
Amando dos Santos – a 8 voltas
China – a 8 voltas
Glaucio Doreto – a 9 voltas
Ciro Paciello – a 9 voltas
George Lemonias – a 10 voltas
Evandro Camargo – a 10 voltas
Everson de Paula – a 11 voltas
Corrida 2
RafaLopes largando em P1 em decorrência da vitória na corrida 1 teve em Rodrigo Helal, que partiu em quarto e pulou para o segundo lugar ainda nos giros iniciais um adversário forte. O duelo veio pelas voltas iniciais valorizando a vitória de Rafael ue igual a primeira corrida encontrou um ritmo rápido que o levou a repetir a vitória da primeira corrida. Neste domingo Rafael Lopes e o Old #54 estavam imbatíveis!
Rodrigo Helal manteve a segunda posição mas vendo Pedro Gomes no Old #22 tentando uma aproximação, mas com o encerramento mais cedo da prova em 10 voltas ao contrário das 12 originais, por conta do excesso de óleo na pista a deixando muito escorregadia. Rodrigo Alvarez fechou a corrida na quarta colocação, seguido por Jorge Schuback que repetiu a colocação da primeira, realmente um ótimo resultado. Mas também igual posição que poderia ser trocada com Pedro Pimenta que largou no pelotão de trás e vinha ganhando posições com uma tocada forte.

 

 

 

“A gente trabalhou muito na pré-temporada, e a equipe fez um ótimo trabalho. Com a ajuda da equipe, que me ajudou com um problema grave de freio, a gente conquistou a vitória na primeira corrida. Na segunda prova, eu imaginava que meu rival seria o Helal, que tem muita competência. Consegui a vitória depois de dominar os treinos de sexta-feira, garantir a pole e vencer as duas corridas com as melhores voltas em ambas”, falou Rafael.

 

Old Stock Race – corrida 2
1º – Rafael Lopes – 10 voltas em 20min42s626
2º – Rodrigo Helal – a 1s901
3º – Pedro Gomes – a 4s193
4º – Ricardo Alvarez – a 6s483
5º – Jorge Schuback – a 16s720
6º – Pedro Pimenta – a 19s095
7º – Marco Maragno – a 22s567
8º – Daniel Kelemen – a 29s190
9º – Sandro Sanches – a 29s470
10º – Glauco Barros – a 1min22s782
11º – Amaury Biem – a 1 volta
12º – Vinicius Leite – a 2 volta
13º – Fausto Camacho – a 2 volta
Não completaram
Marcos Philippi – a 6 voltas
Felipe Matos – a 7 voltas
Fábio Mencarelli – a 7 voltas
George Lemonias – a 9 voltas
Alex Dimas – a 10 voltas
Acompanhe as provas pelas redes sociais oficiais, a Rádio Autódromo e por AQUI. Segue calendário de 2019:
Fechamos a Etapa 1 com recado da dupla Paulo Solariz e Celso Miranda e a turma de opaleiros que são o show antes das provas, desfilando com seus clássicos:
Foto: Barbara Bonfim/OSR

A próxima etapa da Old Stock Race acontece no dia 21 de abril, dia de feriado de Tiradentes, novamente em Interlagos. Os Opalas da Old Stock Race são equipados com Pneus Pirelli, discos de freio Fremax e embreagens Ceramic Power.

Luiz Salomão

Blogueiro e arteiro multimídia por opção. Dublê de piloto do "Okrasa" Conexão direta com o esporte a motor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *